O melhor de Porto Alegre: gente que conhece tudo na Capital dá dicas do que fazer por aqui

Foto: Mateus Bruxel
Foto: Mateus Bruxel

Para comemorar o 246º aniversário da capital gaúcha, Donna consultou quem já vem curtindo (e compartilhando) o que há de mais bacana na cidade há um bom tempo. Convidamos representantes de sete perfis do Instagram dedicados a programações locais a dar uma dica de algo imperdível para conhecer melhor e desfrutar da aniversariante. Confira!

ENTRE O HASHI E O MICROFONE

Segredo do yuu revelado!! https://youtu.be/HTUWCT9jqU8

Uma publicação compartilhada por Yuu Pub (@yuupub) em

YuuPub (Rua Joaquim Nabuco, 381)

“É de costume que gente, do PoaMenu, escolha um bairro de Porto Alegre e caminhe pelas ruas em busca de dicas e lugares únicos para postar como indicação no nosso Instagram (@poa_menu), e foi assim que conhecemos o
YuuPub um restaurante de petiscos japoneses quentes. Nada de sushi com cream cheese: o menu é composto de comidas verdadeiramente tradicionais, elaborado por um chef japonês, dono do restaurante. A atração principal é o takoyaki, recheado tradicionalmente de polvo, grelhado em uma chapa especial trazida diretamente do Japão. Além desse, o gyoza e o rolinho primavera são os preferidos do PoaMenu.

Melhor do que curtir um barzinho e petiscar iguarias japonesas é fazer isso com os amigos enquanto cantamos muito no karaokê do segundo andar da casa, que faz toda a experiência tradicional japonesa ser ainda mais completa! O restaurante fica na Rua Joaquim Nabuco, 381. Passar por lá com um grupo de amigos com os gogós bem dispostos fará da noite, com certeza, algo memorável.”

Dica do @poa_menu: perfil com dicas de lugares diferentes em Porto Alegre. O objetivo é divulgar novidades em gastronomia e ambientes inusitados na cidade. Criado há dois anos, oferece 396 indicações. A ideia é promover experiências diversificadas aos seguidores.

VILA DE CULTURA, ARQUITETURA E ACONCHEGO

Foto: Omar Freitas

Foto: Omar Freitas

Vila Flores (Rua São Carlos, 753)

“Quem ama Porto Alegre sabe que, com um pouquinho de atenção, é possível perceber carinho e aconchego em cantinhos inusitados da nossa querida cidade. Nesse sentido, são doces e precisas as palavras de Mario Quintana, poeta gaúcho que via, vivia e escrevia a poesia de Porto Alegre. Sobre ela, dizia que o ar parece ‘mais um olhar, suave, misterioso, amoroso. Cidade do meu andar’.

E todo o fascínio e beleza de Porto Alegre estão bem representados na Associação Cultural Vila Flores, no bairro Floresta. Localizado na Rua São Carlos, 753, o prédio construído na década de 1920 pelo engenheiro-arquiteto José Franz Seraph Lutzenberger é formado por três edifícios que cercam um grande e aconchegante pátio. Recentemente, o ambiente recebeu um toque artístico e, desde 2014, passou a abrigar empreendedores da indústria criativa.

Os eventos do espaço são sempre dedicados a quatro eixos: arte e cultura, educação, empreendedorismo e arquitetura e urbanismo. Vale a pena estar sempre de olho nas redes sociais (facebook.com/vilaflorespoa) do espaço e consultar a programação do lugar, que envolve eventos desde cursos até celebrações comunitárias, sempre com um ótimo astral e que nos fazem acreditar ainda mais na potência criativa dos porto-alegrenses.

Dica do @amorporpoa: arquitetura, arte, cultura e gastronomina retratadas em imagens. O perfil
@amorporpoa lança um olhar amoroso e otimista para Porto Alegre. A ideia é incentivar os porto-alegrenses a conhecerem os encantos da cidade.

E O JARDIM BOTÂNICO, COMO VAI?

Foto: Omar Freitas

Foto: Omar Freitas

Jardim Botânico de Porto Alegre (Rua Dr. Salvador França,1427)

“‘Faz tempo que eu não vou lá’. Talvez você tenha pensado isso já no título, não é? Tudo bem, a gente está aqui para te lembrar que no coração de Porto Alegre existe uma área de 39 hectares dedicada ao estudo e à conservação de espécies vegetais nativas do Rio Grande do Sul. O parque, fundado em 1958, tornou-se Patrimônio Cultural do Estado em 2003. Meses atrás, voltou ao noticiário em clima de incerteza devido à extinção da Fundação Zoobotânica. Vivemos a reflexão sobre esse espaço e retomamos o seu esquecimento em um curto período, mas ele permanece lá, brotando no asfalto para que a gente sinta, apesar do concreto, um tanto de natureza.
Um dos cinco maiores do país, o Jardim Botânico de Porto Alegre fica na Rua Dr. Salvador França, 1.427, próximo à PUCRS, e está aberto à visitação de terça a domingo, das 8h às 17h, por R$ 6, preço de entrada inteira. Uma barbada. Vale percorrer as trilhas do arboreto (que tem uma vasta coleção de árvores catalogadas), observar o lago, participar das oficinas e das atividades educativas ou apenas fazer um piquenique. Esse espaço é nosso, desbrave!

Dica do @mapeandopoa: o perfil Mapeando Porto Alegre é fruto do esforço de quatro amigas que, após um período morando em outras capitais, retornaram e resolveram redescobrir o que há de legal na cidade. No site mapeandopoa.com.br você pode assinar uma newsletter semanal de programações da cidade.

UM LUGAR TRIMASSA

Foto: Tiago Capelini/Divulgação

Foto: Tiago Capelini/Divulgação

Propasta (Rua Miguel Tostes, 843)

“O ‘Passeio da Miguel’, apelido carinhoso do charmoso quarteirão da Miguel Tostes, entre as Ruas Cabral e Protásio Alves, de uns tempos para cá se tornou um polo de lugares bacanas. É por lá a nossa indicação de locais incríveis para conhecer em Porto Alegre: o Propasta!

Ele já é conhecido por fabricar, há mais de 10 anos, uma linha completa de massas artesanais que atende diversos chefs em todo o Brasil. Mas a dica mesmo é o almoço especial que eles servem somente aos sábados, quando o simpático casal de donos abre o pátio de sua casa (e loja) para convidar as pessoas para almoçar em um clima leve e slow food. Do atendimento ao sabor, é perceptível o carinho, amor e a dedicação. Os carros-chefes, na nossa opinião, além do charme do lugar, são as massas recheadas com combinações surpreendentes e a carta de cerveja artesanal – escolhida a dedo pelos donos.

O legal é que a fábrica funciona como loja de terça a sábado, então é possível comprar massas, molhos, pizzas e quiches congeladas e levar um pouquinho da Propasta para casa. Incrível, né? O endereço é Rua Miguel Tostes, 843.”

Dica do @bomdobomfim: perfil que compartilha novidades, queridices e eventos no Bom Fim e na vizinhança, com o objetivo de fomentar os lugares e o amor pela região.

CULTURA TAMBÉM PARA OS PITOCOS

Foto: CCMQ/Divulgação

Foto: CCMQ/Divulgação

Casa de Cultura Mario Quintana (Rua dos Andradas, 736)

“A Casa de Cultura Mario Quintana, instalada no que foi o histórico Hotel Majestic, pode parecer um passeio de adultos. Na verdade, acredite, é um oásis para crianças em pleno centro de Porto Alegre. Visita guiada ao prédio e ao quarto do poeta, reconstrução fiel ao ambiente onde viveu Mario Quintana, permite que as crianças se apropriem e conheçam de forma lúdica um dos nomes mais queridos da nossa cultura.

A Biblioteca Infantojuvenil Lucilia Minssen, no quinto andar, abriga um acervo de 17 mil volumes, folhetos, periódicos, gibis e jogos onde a criançada se diverte e solta a imaginação. Existe ainda uma brinquedoteca, para pequenos de zero a sete anos explorarem e fazerem novas descobertas.

Oficinas gratuitas de dança, música e artes ao longo do ano, espetáculos no Teatro Bruno Kiefer e programação de férias preenchem a intensa agenda infantil da Casa de Cultura. E, para repor as energias, uma boa opção é um piquenique no Jardim Lutzenberger, espaço que passou por restauração em 2013. Fica aberto para visitação aos sábados, domingos e feriados, das 12h às 18h30min, e de terças a sextas, das 9h às 18h30min. Programa perfeito para comemorar o aniversário de Porto Alegre com as crianças.”

Dica do @boraai_poa: guia online de atividades infantis, presente em Porto Alegre e também em São Paulo, Capinas, Brasília e Rio de Janeiro. Acesse também o site bora.ai para mais dicas de programação para os pequenos.

ESPAÇO LIVRE PARA A CRIATIVIDADE

Foto: Reprodução/Facebook

Foto: Reprodução/Facebook

Espaço 373 (Rua Comendador Coruja, 373)

A dica é o Espaço 373, localizado na Rua Comendador Coruja, 373, no coração do Distrito Criativo de
Porto Alegre. A casa oferece uma variedade de opções que vão desde eventos fechados a feiras, oficinas, exposições, shows, espetáculos de dança e até teatro – em performances com participação ativa da plateia. Ou seja: todo tipo de manifestação cultural está valendo. O lugar foi idealizado pelas irmãs Silvana e Fernanda Diniz Beduschi, e tem como objetivo principal fomentar a economia criativa da capital gaúcha. E, por isso, um dos desejos das proprietárias foi se instalar na região, um polo com mais de 80 empreendimentos culturais, como ateliês, bares, antiquários, cafés e espaços culturais, rolando, sempre, muita música, arte e cultura. O Distrito Criativo, ou Distrito “C”, é um projeto de inovação social que procura estimular novas formas de relacionamentos entre artistas, empresários e empreendedores. Para conferir a programação do Espaço 373 ou reservar o lugar para um evento bacana que você estiver organizando, acesse facebook.com/Espaco373.

Dica do @partiu_acontece: união de uma publicitária e de uma produtora cultural, o perfil é um espaço para divulgar eventos, locais, pessoas e tudo o que há de melhor por aí em Porto Alegre.

BARBA, CABELO E BIGODE NA DIVERSÃO

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Hair Home Bar (Rua Otávio Corrêa, 84)

Talvez você já tenha conhecido o Hair Home Bar, na Rua Otávio Corrêa, 84, por outros nomes. Desde que o cabeleireiro Leo Zamper levou para lá o seu salão, há quatro anos, o lugar não para de crescer e diversificar suas atividades. Parte da Kaza Zamper, o bar fica anexo ao Estúdio Zamper, que reúne salão de beleza, barbearia e estúdio de tatuagens. Portanto, todos que forem ao bar e quiserem dar um trato no visual são mais do que bem-vindos. Da mesma forma, o pessoal que estiver no estúdio pode curtir aquele happy na saída do embelezamento.

Destaque para o colorido dos grafites e a sonorização de DJs profissionais. Nas quartas-feiras, rola dose dupla de drinks das 19h às 22h, e um drink especial fora do cardápio é disponibilizado aos clientes. Um baita destaque do Hair é a sua muito aconchegante área externa, um espaço ótimo para curtir com os amigos, filhos e até animaizinhos de estimação, pois, como os próprios donos dizem, o bar é “petlover” e “kidlover”. A localização favorece esse ponto: fica próximo, mas não está entre as ruas mais muvucadas do bairro, com muita circulação de carros e notívagos. Funciona de segunda a quinta, das 19h à meia-noite, e sextas e sábados até a 1h.

Dica do @acontecenacb: criado em 2011, o Acontece na Cidade Baixa abrange, além dos perfis em redes sociais, um site com reportagens e vídeos sobre eventos e lugares bacanas do bairro boêmio da Capital.

Leia mais:
:: #DonnaIndica: 4 restaurantes em Porto Alegre para provar o melhor da culinária argentina
:: Elas indicam: confira três lugares para botecar em Porto Alegre 
:: Mapeando POA: projeto de quatro gurias mostra o que há de legal para se fazer em Porto Alegre

Leia mais
Comente

Hot no Donna