O Melhor de Santa Maria: dicas de passeios, achados de moda e gastronomia na cidade

Foto: Ronald Mendes/Divulgação
Foto: Ronald Mendes/Divulgação

Nesta semana, a série O Melhor Daqui desembarca em Santa Maria. A cidade é embalada pelo agito dos universitários, tem sua história contada por meio de prédios centenários, a exemplo do Theatro Treze de Maio, e ainda reúne iniciativas bacanas de rua, como o Brique da Vila Belga. No roteiro a seguir, saiba como curtir a cidade, da moda à gastronomia, e confira dicas de lugares e artistas que valem a pena conferir de perto.

Para vestir

Rocka

Quando mal se falava em moda plus size no Estado, a Rocka já pensava em peças para mulheres acima do número 46. A marca santa-mariense está há mais de 30 anos no mercado e, nas últimas duas décadas, se posiciona de fato como confecção que veste mulheres gordas. Mas a virada mesmo, afirma a administradora Aline Pozzebon, veio com a decisão de colocar modelos 52 em suas campanhas recentes:
– As mulheres plus querem se ver ali, teve muita aceitação do público. Lutamos por cada um poder escolher a roupa no seu tamanho.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Criada pelos pais de Aline, a Rocka tem pegada casual e não se prende a idades. A coleção verão 2019 é inspirada na desconstrução dos padrões, com destaque para os mix de estampas, como poá, floral e listrado. A Rocka não tem loja própria: no site, você pode conferir as roupas e a relação das multimarcas que vendem as peças.

• rocka.com.br
• @rockaplus
• (55) 3222-0209

Ateliê Daiane Rabelo

Nascida em uma família dona de uma loja de máquinas de costura, Daiane Rabelo cresceu entre agulhas e linhas e pegou gosto pela moda desde cedo. Fez cursos de costura e começou a produzir peças para as amigas, mas o boca a boca transformou o trabalho sem compromisso em negócio. Há cinco anos, o Ateliê Daiane Rabelo abriu as portas na cidade.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

– Senti necessidade de ter uma costureira perto de mim e comecei a montar uma equipe. Minha proposta é slow fashion, trabalhar a personalidade da cliente por meio da moda – explica Daiane, que estuda Design de Moda. Por ser uma cidade universitária, os vestidos para formaturas e recepções estão entre os mais pedidos.

• Rua Riachuelo, 315
• @daianerabelomoda
• (55) 3026-1220

Para Conhecer

Samba e Saravá

A cantora Deborah Rosa gosta de estrear novos projetos em casa, seja no Theatro Treze de Maio, no Espaço Cultural Victório Faccin ou em outro espaço da cidade.
– Sou nascida e criada no coração do Rio Grande, cresci na cena cultural daqui. Já toquei em vários lugares do Brasil, mas sempre volto para Santa Maria.

Foto: Leonardo Lima/Divulgação

Foto: Leonardo Lima/Divulgação

Com mais de duas décadas de estrada, Deborah começou com blues e jazz, criou apreço pelos ritmos regionais e se encontrou como intérprete na música brasileira. Tem espetáculos nos quais revisita a obra de grandes cantoras, como Alcione, Maria Bethânia e Clara Nunes. Também celebra a cultura negra com o show Samba e Saravá – haverá sessão no dia 19 de outubro em Santa Maria. No YouTube, dá para conhecer um pouco mais do trabalho da cantora.

• facebook.com/cantoradeborahrosa
• youtube.com/CantoraDeborahRosa

Theatro Treze de Maio

Um dos símbolos de Santa Maria, o Theatro Treze de Maio é parada certa ao visitar a cidade. Fundado em 1890, o espaço cultural se tornou o principal palco para os artistas locais ou que passavam pela cidade. O projeto inicial ficou sob a responsabilidade do arquiteto Julius Weise, que contou com colaboração do construtor Cesar Daccorso e do ator e diretor de carpintaria teatral Augusto Boldrini. Depois de décadas funcionando como sede para outros projetos e entidades, o local foi reaberto como teatro em 1997. A dica é agendar uma visita guiada pelo espaço para conhecer de perto o teatro que faz parte da história da cidade.

Foto: Ronald Mendes/Divulgação

Foto: Ronald Mendes/Divulgação

A saga do Theatro Treze de Maio se confunde com a de uma senhora que costuma recepcionar o público a cada início de sessão na porta do prédio histórico. Ruth Sopher Péreyron foi uma das líderes do movimento para a revitalização e reabertura do espaço, há 21 anos. Filha de Eva Sopher, ela participou da criação da Associação dos Amigos do espaço cultural e, hoje, é a atual diretora do teatro.

• Visita guiada de terça a sexta, sob agendamento
• Praça Saldanha Marinho, s/nº
• theatro13maio.com

Vila Belga

Para quem gosta de feiras ao ar livre em lugares que transpiram história, a pedida em Santa Maria é o Brique da Vila Belga. Construído nos primeiros anos do século passado, o conjunto habitacional para operários da viação férrea foi tombado como patrimônio histórico e chama atenção pela arquitetura e pelo colorido das casas, que tornam o passeio ainda mais agradável.

Foto: João Alves/Divulgação

Foto: João Alves/Divulgação

Há três anos, o espaço abriga uma feira que ocorre sempre nas tardes do primeiro e do terceiro domingo de cada mês. Entre os produtos à venda, há roupas, livros, antiguidades e artesanato produzido por artistas locais. O bazar também costuma contar com atrações musicais.

• Rua Manuel Ribas, 1.972.
• @briquedavilabelga
• briquedavilabelga.blogspot.com

Marília Chartune

Marília Chartune mergulha nas cenas urbanas em sua obra. E Santa Maria, cidade que acolheu a artista mineira há 30 anos, inspira seu trabalho em aquarela, óleo e acrílico sobre tela.
– Busco cor, luz e movimento. Gosto de gente, de pessoas caminhando. Hoje, estou trabalhando em uma série sobre a Avenida Rio Branco – conta Marília.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

A chegada da artista ao Estado se deu depois do casamento com um gaúcho. Aqui, passou a se envolver em entidades culturais, como a Associação dos Artistas Plásticos de Santa Maria, e se tornou um nome conhecido na cidade. No Centro, Marília mantém um ateliê onde produz suas telas – que você também pode conferir em espaços como a Gravura Galeria de Arte, em Porto Alegre.

• mchartune.blogspot.com • Rua Doutor Bozano, 1.120.
• (55) 3029-1086

Para comer

The Park

É comum as pessoas questionarem o empresário Fernando Corrêa sobre a proposta do The Park. É restaurante? Pub? Bar? Nem um, nem outro.
– É uma experiência. Nosso foco é em um atendimento personalizado, gastronomia de qualidade e música boa. Não é boate, mas dá para dançar se quiser. Pedir petiscos ou um prato mais elaborado, tomar um drink – explica Fernando Corrêa, um dos proprietários.

Foto: Rodrigo Feksa/Divulgação

Foto: Rodrigo Feksa/Divulgação

O The Park nasceu em 2012, da percepção de que os santa-marienses sentiam falta de um local mais completo, com boa mesa, entretenimento e clima de pub. O negócio deu tão certo que precisou ser ampliado e, no ano passado, foi inaugurado o novo espaço no Shopping Praça Nova.
A programação inclui shows de diferentes gêneros, como sertanejo e rock, e também stand-up. A especialidade da casa são os cortes de entrecot grelhado.

• @theparksm
• BR-287, 2.885
• (55) 3025-5115

Santino Artisan Gelato

O empresário Pedro Vaz, 35 anos, tem na memória o carinho pelas sorveterias tradicionais. Quando surgiu a oportunidade de abrir um novo negócio em Santa Maria, veio o insight de investir nesse ramo. Em setembro de 2013, a Santino Artisan Gelato abriu as portas sob desconfiança de amigos próximos, conta Vaz:
– Muita gente me chamou de louco por abrir uma gelateria aqui. Acabei insistindo na ideia e inauguramos com uma fila absurda. Não estávamos dando conta.

Foto: Lineastudio Arquiteturas/Divulgação

Foto: Lineastudio Arquiteturas/Divulgação

A gelateria venceu o frio, conquistou uma clientela fixa e, hoje, tem mais três unidades na cidade. Produzidos artesanalmente, os gelatos mais pedidos são o Santino, de chocolate com pedaços de nozes e de doce de leite, e o sabor doce de leite com pedaços. Outros destaques são banana com nutella e morango.

• @santinogelato
• Loja matriz: Rua Marechal Floriano Peixoto, 1986.
• (55) 3028-7705

Cusco Baio

Os irmãos Manuela Macagnan, 33 anos, e Pedro Rocha, 30, sentiam falta de um lugar em Santa Maria que fosse a casa dos amantes de cerveja artesanal. Como ter negócio próprio não é novidade na família – os pais são donos de uma delicatessen –, a decisão de abrir um bar para esse público tomou corpo naturalmente. No fim do ano passado, o Cusco Baio inaugurou com 21 torneiras de chope, de marcas nacionais e importadas, além de cervejas de garrafa também artesanais.
– O diferencial da casa é a diversidade de bebidas. Nos empenhamos em buscar cervejarias qualificadas e em ter chopes de estilos variados para agradar todos os paladares – diz Manuela.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Com ambiente aconchegante e rústico, a casa tem a pegada do happy hour, com a tradiconal dupla petiscos e cerveja, mas também traz no menu opções de massas e risotos. Apaixonados por cachorros (o “cusco” no nome não é à toa), os donos fizeram questão de construir um deque pet friendly para os frequentadores e seus cães.

• Rua Conrado Hoffmann, 346
• @cuscobaio
• (55) 3220-0304

Dicas da embaixadora

Se você der uma espiada no Instagram de Luiza Noronha, vai encontrar cliques de viagens, sugestões de looks e dicas de passeios em uma cidade pela qual a jovem é apaixonada: Santa Maria.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Escolhida como embaixadora Donna nesta edição, a estudante de Medicina e blogueira de 21 anos gosta do agito da cidade universitária:
– São muitas opções de lazer, tenho muitos lugares preferidos. Ao mesmo tempo, a cidade também oferece qualidade de vida e é um lugar acolhedor.

Luiza indica lugares bacanas para conhecer, comer e se divertir em Santa Maria.

Fermentados Bakery

Foto: Luiza Noronha

Foto: Luiza Noronha

“É uma padaria e cafeteria. Aos sábados, meu namorado e eu adoramos fazer um brunch por lá. Somos fãs dos sanduíches com os pães artesanais. E, de sobremesa, a dica é a palha italiana. É um local superdescolado e aconchegante.”

• Alameda Buenos Aires, 348
• (55) 3027-7271
• facebook.com/fermentadosbakery

Habituée Débora Guimarães

Foto: Luiza Noronha

Foto: Luiza Noronha

“Além de salão de beleza, também tem um espaço de loja integrado com peças lindas. O atendimento é impecável: recomendo a make da Sabrina Guimarães e os cuidados de cabelo do Junior Genro.”

• Rua Jorge Pedro Abelin, 238
• (55) 3217-8325
• facebook.com/habitueemodaebeleza

UFSM

Foto: Luiza Noronha

Foto: Lauro Alves

“Nos domingos de sol, o campus reúne muitas famílias e estudantes que vão até lá para tomar chimarrão ou fazer caminhadas. É um passeio muito agradável, o campus é grande e arborizado, tem pista de caminhada. Adoro e recomendo!”

• Av. Roraima, 1.000
• (55) 3220-8000
• facebook.com/ufsm.br

Yakusoku cozinha oriental

Foto: Luiza Noronha

Foto: Luiza Noronha

“Amo comida oriental, e as peças do Yakusoku são impecáveis, de qualidade única. Eles também servem pratos quentes maravilhosos.”

• Alameda Buenos Aires, 372
• (55) 3029-1731
• facebook.com/yakusokucozinhaorientalsm

Tória

Foto: Luiza Noronha

Foto: Luiza Noronha

“A maioria dos calçados que uso são de lá. Me identifico muito com o estilo da loja, que sempre está dentro das tendências. O legal é que tem de todos os estilos: sapato de salto para sair, tênis mais estilosos, rasteirinhas, botas. Gosto da variedade e do atendimento.”

• Avenida Nossa Senhora das Dores, 305
• (55) 3028-8894
• facebook.com/usetoria

Leia mais:
:: O Melhor Daqui: de moda a gastronomia, um passeio por lugares imperdíveis de Canoas
:: O Melhor Daqui: De moda a gastronomia, um passeio por lugares imperdíveis de Caxias do Sul
:: O Melhor Daqui: De moda a gastronomia, um passeio por lugares imperdíveis de Pelotas

:: O melhor daqui: de gastronomia a moda, um passeio por lugares imperdíveis em Gramado e Canela

Leia mais
Comente

Hot no Donna