O que o Feng Shui pode ensinar para limpar e organizar a sua bolsa

Talvez não exista clichê maior do que dizer que bolsa de mulher é um buraco negro, mas atire a primeira pedra no vácuo quem nunca passou horas revirando cada cantinho atrás da chave de casa, do celular, do cartão do banco, do batom. Claro que a mesma lógica se aplica a pastas, mochilas e outros companheiros inseparáveis não só delas, mas deles também na hora de carregar nossos pertences por aí no dia a dia.

Organizar e manter uma rotina de limpeza nestes acessórios não é apenas uma questão de cuidado pessoal, mas também de manter a harmonia a nossa volta. Ciência ambiental chinesa para integrar, equilibrar e harmonizar, o Feng Shui vai além da disposição dos móveis na casa e também se aplica a como carregamos nossos objetos pessoais. Para o Feng Shui, organizar a bolsa é selecionar a vida que vive nos detalhes, e os acessórios que usamos também fazem parte do nosso universo em harmonia. Bolsa e pasta de trabalho podem ser cuidados e preparados para obtermos um bom equilíbrio, sempre precedidos de uma fundamental faxina.

Veja também
:: Como organizar seu closet para facilitar na hora de escolher o look
:: Tchau, inverno! Como organizar o armário para a temporada de calor

:: Cheiro de mofo nos casacos e nas botas? Como conservar roupas e sapatos de inverno

Para ajudar a organizar – e tentar manter sempre assim – a bolsa, a coach de vida e negócios e especialista em Feng Shui Marilda Romero compartilha algumas dicas. Confira:

• Comece tirando todos os itens de sua bolsa e coloque-os sobre uma mesa, a sua frente. Analise o que deseja manter, o que gostaria de continuar a carregar e o que pode ser descartado, pois esta fase de seleção vai determinar o que é indispensável no universo particular de sua bolsa. Organizadores próprios também ajudam a setorizar os itens, facilitando na hora de encontrar os objetos.

Organize primeiramente sua carteira – e, se ela for vermelha, ponto para você, porque esta é a cor ideal para atrair boas energias. Retire de dentro do acessório a energia considerada estagnada: notas de produtos, comprovantes do cartão de crédito, contas pagas (se for de garantia ou comprovação, guarde-as em seu arquivo de casa).

bolsa2

Carregue sempre dinheiro vivo para pequenas circulações diárias de energia e consumo: pagar um almoço, um café, transporte ou estacionamento, flores para sua mesa de trabalho. Este é um dos pequenos segredos do Feng Shui pessoal: usar diariamente notas e moedas em suas trocas financeiras é fundamental para ter sempre recursos disponíveis. Organize suas notas do menor ao maior valor e mantenha-as em ordem em sua carteira. Coloque as moedas no porta-moedas – quando elas ficam “soltas” na bolsa (ou em seu bolso ou no console do carro), tendem a dissipar a energia de suas finanças.

• Coloque os cartões de visita em um porta-cartões, dentro de sua bolsa. Revise periodicamente se há um bom número deles para suas interações de networking. O número ímpar de cartões estimula a movimentação e, com ela, novas oportunidades de conhecimento e reconhecimento.

Leia mais
:: Autora do best-seller “A Mágica da Arrumação” defende a organização doméstica como benefício para corpo e alma

Mantenha em sua bolsa um objeto afetivo e inspirador: um livro é uma boa escolha, para inspirar você em um momento de pausa.

Separe o que fica e o que segue com você. O que pode ficar na gaveta, o que será descartado e o que vai acompanhar suas experiências diárias no mundo – ou seja, quais objetos serão testemunhas de sua organização, harmonia e sucesso.

Leia mais
Comente

Hot no Donna