Família Obama: Sacha e Malia são criticadas pelo comportamento e figurino em festa de Ação de Graças

Foi considerado constrangedor o depoimento de Elizabeth Lauten feito em sua rede social sobre as filhas de Obama. Assessora de um congressista republicano, Elizabeth centrou fogo no figurino exibido por Malia, 16 anos, e Sacha, 13, durante a cerimônia de Ação de Graças.

“Eu sei que vocês duas estão no terrível período da adolescência, mas vocês são parte da família presidencial – tentem mostrar alguma elegância. Pelo menos respeitem o papel que desempenham”, escreveu Elizabeth em um post em sua página no Facebook que depois foi apagado. “Sua mãe e seu pai não respeitam suas posições muito bem, então deduzo que falta a vocês um pouco de ‘bom modelo’ (…) Ajam como se a Casa Branca importasse para vocês. Vistam-se como se merecessem respeito, não como se estivessem no bar”.

SACHAElizabeth também reclamou que as garotas pareciam entediadas nas imagens e repreendeu a educação recebida pelas filhas do casal presidencial. Por fim, disse ainda que Malia e Sacha deveriam ter tido uma atitude mais respeitosa e elegante no evento.

Ao mexer com a figura de uma unida e querida aos olhos do público, Elizabeth, recebeu uma saraivada de críticas tão duras quanto as que direcionou às filhas do primeiro-casal. Segundo o jornal britânico Daily Telegraph, muitos defenderam que ela fosse demitida, mesmo depois de ter deletado o post. Uma das respostas ao post afirmou que sempre é possível discordar das políticas do presidente, “mas as crianças estão fora disso”.

O fim do conflito resultou em um público pedido de desculpas feito por Elizabeth. Escreveu ela: “Depois de muitas horas de orações, conversas com meus pais e releituras das palavras publicadas online, posso ver mais claramente o quão ofensivas foram minhas palavras”, publicou em sua rede social. “Gostaria de pedir desculpas a todos os que machuquei e peço que aprendam e cresçam, como posso garantir que aconteceu comigo, com esta experiência”.

malia-and-sashaA assessora também admitiu que “julgou as duas jovens de uma forma que nunca teria desejado ser julgada quando adolescente”

Leia mais
Comente

Hot no Donna