Saiba quais as cores mais adequadas para cada ambiente da casa

Foto: Coral, divulgação
Foto: Coral, divulgação

*Por Ana Carolina Bolsson,
especial

Existe cor certa para pintar um ambiente? Sim e não. A cor influencia o comportamento humano, mas cada um tem sua percepção. Na hora de escolher, mais do que as tendências do momento, pesam o perfil
do morador, os tons de preferência e as sensações e reações que provocam.

– Certo e errado é muito limitador. O orgulho de libertar-se e expressar a personalidade na própria casa tem de ser maior do que o temor de errar – destaca Ana Kreutzer, consultora de cores da Suvinil. Entusiasta de ambientes coloridos, o designer Johnny Thomsen tem estratégias para driblar o que denomina de “medo enraizado da cor”: – Não posso escolher a cor que o morador odeia, mas lembro que o bege e o off-white também cansam. Preciso entender o cliente para captar o cenário perfeito da felicidade dele e conduzi-lo com segurança.

Confira as sugestões de cores mais recomendadas para cada ambiente:

♦ Defina a função do cômodo: é um local para relaxar, estimular ou se concentrar? Busque os tons adequados para esse propósito. Como você vê nestas duas páginas, há cores que energizam, tranquilizam ou mesmo estimulam o apetite.

♦ Conheça você mesma: abra o guarda-roupa e analise as 10 peças mais usadas. Que cores predominam.

♦ Olhe ao redor: qual a cor dos móveis e dos objetos? A resposta ajuda a combinar (ou a contrastar) a cor da parede com a mobília que você já tem.

♦ Observe a iluminação: lâmpadas amarelas “esquentam” as cores, e a brancas clareiam.

♦ Planta baixa na mão: com base na área e no formato da peça, defina qual parede destacar com cor. Se o ambiente for pequeno, comece com um detalhe e observe por alguns dias antes de continuar.

Sala de jantar

Foto: Marcelo Donadussi, divulgação

Foto: Marcelo Donadussi, divulgação

É o ambiente ideal para usar tons intensos e vivos – laranja, verde e marrom –, que estimulam o apetite, como esta sala de jantar predominantemente em vermelho projetada por Johnny Thomsen. Observe a sensação de profundidade que a pintura no teto proporciona.

Dormitório

Foto: Suvinil, divulgação

Foto: Suvinil, divulgação

É um ambiente onde se busca conforto e aconchego, também muitas vezes utilizado para ver TV ou como home-office. Em cima de uma base neutra, brinque com cores e formas, criando composições personalizadas.

Lavabo

Foto: Vanessa Bohn, divulgação

Foto: Vanessa Bohn, divulgação

É o espaço para ousar, como mostra a foto deste ambiente em cinza-chumbo e laranja, de autoria de Thomsen. Ele destaca: o lavabo pede exagero e dramaticidade, e isto pode ser feito com qualquer cor.

Home-Office

Foto: Coral, divulgação

Foto: Coral, divulgação

Para energizar e estimular a produção, os tons de amarelo, como o mostarda da foto, são os preferidos. Note que a área pintada atrás da mesa tem função extra: delimitar o local de trabalho.

Living

Foto: Coral, divulgação

Foto: Coral, divulgação

O ponto de convívio social pede equilíbrio e harmonia com tons neutros, como branco e bege, e relaxantes, como azul, verde e violeta. A parede pintada em verde arremata a proposta natural de “floresta dentro de casa”.

Cozinha

Foto: Johnny Thomsen, divulgação

Foto: Johnny Thomsen, divulgação

O branco transmite a sensação da assepsia desejada para a manipulação de alimentos, como nesta cozinha projetada por Thomsen. Se a intenção é acolher e convidar, opte por madeira e tons quentes nos detalhes.

Leia mais
:: Décor em preto e branco: a combinação infalível e poderosa para qualquer época
:: Saiba como escolher a iluminação mais adequada para as áreas externas da casa
:: Dicas para renovar o décor de piso, parede, janela e teto sem gastar demais

As últimas do Donna
Comente

Hot no Donna