Vai sair de férias? Confira 8 dicas para organizar as finanças da próxima viagem

Foto: Pixabay
Foto: Pixabay

Por Daniela Raffo – Consultora financeira especializada em mulheres

Estamos nos aproximando do verão e do período de férias escolares – e com isso, vem a programação da próxima viagem! Confira dicas de finanças para planejar a sua próxima viagem e voltar pra casa sem dívidas:

Leia mais da Daniela Raffo:
:: Vai casar? Confira 7 dicas para planejar a festa sem se endividar
:: Como planejar as finanças para a chegada do primeiro filho

Economize ao escolher destino e época

O primeiro passo é escolher para onde você quer viajar e em qual época do ano. Se possível, fuja da alta temporada. A primeira quinzena de dezembro costuma ter preços melhores comparado à segunda quinzena ou aos meses de janeiro e fevereiro.

Você também pode escolher como destino algumas capitais do país, como São Paulo e Curitiba. Durante o período de férias, estas cidades têm a circulação de pessoas muito reduzida, e você poderá conseguir bons descontos.

Procure boas promoções

Existem diversos sites para você buscar boas promoções. Você encontrará pacotes de viagem promocionais ou poderá comprar as passagens aéreas e reservar hotel separadamente.

  • Nos sites Quanto Custa Viajar e Budget Your Trip (em inglês), é possível estimar os gastos para a sua viagem. É possível simular os custos com passagens aéreas, hospedagem, transporte, alimentação, atrações e ainda, no Quanto Custa Viajar, determinar o perfil do viajante: baixo custo (mochileiro), econômico e confortável.
  • Nos sites Decolar, Submarino Viagens, Expedia e Melhores Destinos, você encontrará os melhores preços e horários das companhias aéreas para o destino escolhido. Os próprios sites das companhias aéreas costumam disponibilizar para consulta as melhores alternativas de datas e preços para a passagem aérea.
  • Para a hospedagem, você pode pesquisar e reservar hotéis em sites como Booking.com, trivago.com.br, Hotels.com, Hotel Urbano e Airbnb. Leia os comentários deixados por viajantes que já se hospedaram nos hotéis: assim, você poderá evitar surpresas desagradáveis. Para viagens em família, vale a pena buscar os preços para alugar um apartamento, que permita que vocês preparem as refeições e economizem com as despesas de alimentação.
Foto: Pexels

Foto: Pexels

Faça um planejamento financeiro

Com base na pesquisa feita e no levantamento de custos da sua viagem, você poderá elaborar um planejamento financeiro do passeio. Além dos gastos com passagem, hotel, transporte, alimentação, você deve incluir um valor para emergências, principalmente em viagens para o exterior. Nesse caso, é importante contratar um seguro de viagem que cubra despesas médicas e hospitalares durante o período da viagem. Não se esqueça de que, dependendo do destino escolhido, o dinheiro ainda tem que cobrir vistos, vacinas e outras eventuais despesas.

Evite usar o cartão de crédito no exterior

Quando você utiliza seu cartão de crédito no exterior, o IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) é de 6,38%. Além disso, como você realizará suas compras em moeda estrangeira, ainda tem o risco da variação cambial, porque o cartão considera o câmbio do dia do fechamento da fatura, e não do dia da compra.

O IOF na compra de dólar e outras moedas estrangeiras em dinheiro vivo é de 1,1%. Logo, comprar dólar ou euro em papel é mais vantajoso.

Mas atenção: ao contrário da moeda em espécie, o cartão pré-pago e o cartão de crédito podem ser bloqueados em caso de furto, roubo ou extravio. Os cheques de viagem normalmente têm seguro em caso de roubo.

Foto: Pexels

Foto: Pexels

Faça o câmbio aos poucos

Se você precisa comprar dólar para a sua próxima viagem, vale a pena comprar aos poucos: assim, você garante um valor médio das variações do câmbio do período. Por exemplo: se você vai viajar daqui a 5 meses e precisará de US$ 2.000, a sugestão é comprar US$400/mês até a viagem.

Para viagens nacionais, economize

Para as viagens nacionais, guarde mensalmente a quantia necessária para que tudo esteja pago até a data da viagem. Aplique o valor mensal em uma aplicação financeira de renda fixa, como o Tesouro Direto e CDB (Certificado de Depósito Bancário).

Use milhas

Se você consegue usar o cartão de crédito com disciplina e pagar sua fatura em dia e no valor total, você pode acumular milhas nos programas de milhagens oferecidos. Assim, você economiza nas passagens aéreas.

Estabeleça objetivos

Você está indo viajar para fazer compras ou para se divertir e conhecer novos lugares? Planejar financeiramente a sua viagem ajudará você a priorizar os seus objetivos, porque você saberá o que terá disponível para gastar com passeios, restaurantes e também com algumas comprinhas. Lembre-se que o mais enriquecedor é trazer boas lembranças e experiências que só uma viagem pode proporcionar.

Veja também em Donna:
:: Sonha em tirar um ano sabático para viajar? Inspire-se na história de quem fez esta aventura e confira dicas

:: Downtown New York e suas atrações e novidades
:: O que saber antes de viajar para a Ásia

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna