Como a família pode ensinar limites às crianças

Fonte: Free Images
Fonte: Free Images

Sabe aquele ditado “É de pequeno que se torce o pepino”? Pois é isso mesmo que deve ser feito pelos pais que prezam a boa educação de seus filhos na hora de dizer “não”. Sem medo, sem culpa e com equilíbrio.

– Os pais precisam aprender a dar limites para os filhos quando eles ainda são bebês – resume Karina Todeschini Negri, psicóloga especialista em terapia cognitiva e comportamental.

:: Mães do milênio! O que muda na vida da mamães Geração Y e de seus filhos
:: 29 fotos que todos os pais devem tirar de seus filhos

Segundo ela, na licença-maternidade, quando a mãe deixa o bebê sob os cuidados da avó e vai visitar a amiga, por exemplo, já é um começo de imposição de limites fundamental para a criança. A mãe estabelece, assim, que ela também tem seu espaço.

Seja firme

giphy (2)

Uma dica: os pais devem aguentar escutar o choro das crianças.

– No mundo de imediatismo em que vivemos, todo mundo quer tudo para ontem. Acrescido à falta de tempo e de paciência, esse sentimento leva pais e a mães a fazerem tudo que os filhos pedem – diz a psicóloga. – Mais cedo ou mais tarde, essa condescendência vai acabar prejudicando a criança.

Não se culpe

anigif_enhanced-buzz-13543-1379109684-32

A culpa é outra inimiga da educação dos filhos, principalmente nas mães. A solução é não ter medo de dizer não, sabendo que você está fazendo isso em benefício da criança.

– A idealização da figura da mãe, ou mães que tiveram pais muito rígidos e querem ser diferentes com seus filhos, têm dificuldades em dizer não para as crianças – destaca Karina.

:: Educação financeira começa em casa, a partir dos exemplos dos pais ::
:: Crianças que frequentam a pré-escola podem ter melhores empregos no futuro ::

Sempre é tempo

i_live_in_a_predominately_african_american_neighborhood_and_my_kids_were_playing_outside_while_i_watched_the_verdict_on_the_zimmerman_trial_my_reaction_was_similar-64607

Se o ideal é aprender a colocar limites nos filhos desde muito pequenos, como ficam os maiores que apresentarem problemas em relação à imposição de limites?

– Nosso cérebro aprende sempre. Em qualquer idade é possível reverter um quadro de insubordinação e descontrole. Mas a imposição de limites deve ser feita de forma gradual, com paciência, tempo e disposição – afirma a psicóloga.

Elogio conta muito

giphy (1)

Uma sugestão: se você quer que seu filho aprenda a organizar seus brinquedos, comece brincando com ele um pouco, dizendo que chegou a hora de organizar tudo, auxiliando-o na organização. Com o tempo, você passará de ajudante a orientador e, mais adiante, não vai precisar mais precisar mandar a criança arrumar tudo. A validação também deve ser utilizada.

– Deve-se elogiar a criança quando ela faz algo positivo. Muitos pais não o fazem com receio de perderem a autoridade. Mas ninguém é desobediente o tempo todo, mesmo as crianças que já aprontaram em algum momento também acertaram em suas escolhas – explica Karina.

:: Espaços com programação estilo colônia de férias oferecem diversão para as crianças no verão em Porto Alegre
:: SERVIÇÃO! 27 lugares com espaço kids em Porto Alegre

Castigo ou consequência?

200

O filho errou? Veio o castigo depois? Karina prefere usar o termo “consequência”, e ela deve ser imediata:

– Não funciona o pai dizer para estudar agora para garantir as férias de dezembro. É necessário estabelecer uma consequência mais imediata.

Em todas as situações, contudo, os pais devem parar e pensar: o que estou esperando do meu filho? Os objetivos em alto padrão podem ser mesmo alcançados pelo meu filho?

– Aqui também há a idealização. E cada criança é de um jeito, como todo o ser humano. Os pais precisam aprender a ser flexíveis – conclui a psicóloga.

Leia mais
Comente

Hot no Donna