5 maneiras de deixar seu armário mais sustentável

Foto: Pixabay
Foto: Pixabay

Estilo e consumo não tem ligação direta, afinal não é necessário fazer compras todo mês para ter um guarda-roupa incrível. Já faz tempo que repetir roupas é a norma e a prova de que alguém sabe comprar, nada mais ultrapassado do que comprar tudo que vê pela frente, sem considerar o peso de suas escolhas no seu estilo de vida, para o meio-ambiente e para sua própria consciência. Um armário inteligente é versátil, demonstra a personalidade, mas também é ético.

A moda não é frívola e sim, um instrumento potente para comunicar quem somos ao mundo, sem dúvida isto vai além das escolhas das peças e sim com nossas crenças, valores e desejos. Com isso em mente, elaborei cinco dicas para deixar seu armário mais sustentável, sem abrir mão do seu estilo.

1. Antes de comprar, pense

Só compre se você realmente amou a peça! Avalie bem se a roupa tem a ver com seu estilo e vida, muitas vezes compramos por impulso, sem considerar questões relevantes. A proposta não é deixar de consumir, afinal evoluímos com o tempo e nosso gosto pessoal e necessidades também, o importante é fazer sentido para a nossa vida.

2. Cuide bem das peças que já tem

De nada adianta comprar de forma inteligente, mas não saber cuidar das peças adquiridas. Analise a melhor forma de lavar cada tecido, qual a maneira mais indicada de guardá-lo, leve para costureira itens que precisam de pequenos reparos. Quem nunca herdou alguma peça do guarda-roupa da mãe ou da irmã mais velha? É uma sensação tão legal usar peças que carregam história e tem significado pessoal. Com essa consciência você poder usufruir das suas roupas por muito tempo e quem sabe, no futuro, ter o prazer de passá-la adiante para alguém.

Foto: Pixabay

Foto: Pixabay

3. Invista em peças de qualidade e durabilidade

Nessas horas, a máxima do menos é mais é indiscutível. Divida o preço da etiqueta pelas vezes que irá usar a peça. Priorize tecidos bons, caimento correto e itens que te façam sentir confiante.

4.  Brechós e trocas de roupa entre amigos ou conhecidos

Você pode encontrar tesouros em brechós ou em bazares. A moda é cíclica e as tendências vem e vão, além disso, roupas de segunda mão ajudam a renovar seus looks, sem demandar novidades das lojas e sim, dando vida nova à peças antigas.

5. Valorize e prestigie marcas sustentáveis e/ou locais

Vale pesquisar lojas que tem preocupação ecológica e também humana, com condições de trabalho responsáveis. Marcas locais também são ótima alternativa, nada mais gratificante do que comprar peças que ainda ajudam a economia local, tem cuidado com seus funcionários e atenção especial à matéria-prima

Dica extra para finalizar, se o seu armário ainda tem muitas peças sobrando, faça o exercício de tirar uma coisa cada vez que algo novo entrar. Fazer a energia girar além de saudável, é uma ótima forma de ajudar os outros, seja doando as peças para uma instituição de caridade ou vendendo.

Para iniciar o ano com hábitos de consumo mais conscientes e felizes.

Leia mais:
:: De olho na tendência! O xadrez chega com tudo em 2018
:: Os itens de luxo mais vendidos em 2017 – e como seguir usando as tendências
:: 5 segredos que você precisa saber para se vestir bem
:
5 fórmulas para deixar looks clássicos mais estilosos

Leia mais
Comente

Hot no Donna