8 dicas para aproveitar as liquidações

Seja inverno, seja verão, as liquidações sempre vêm. Mas, antes de se jogar nas ofertas, vale considerar as nossas dicas para economizar e investir bem.

Como não pecar pelo excesso? A gente te ensina os 8 mandamentos da liquidação.

1) Atenção à qualidade e possíveis defeitos da peça
Sim, essa saia é linda, e o vestido, “de morrer”. Mas será que eles estão em perfeito estado? Peças de liquidação geralmente são o resto dos estoques de cada estação: muita gente já provou, tirou, provou de novo, devolveu, pegou de volta, desistiu e pendurou de novo. É comum que este ciclo de indecisão acabe gerando um furinho aqui ou uma manchinha ali. Certifique-se de que a peça está em perfeitas condições.

:: As melhores peças para investir na Forever 21, Renner e C&A

2) É barato mesmo?
A placa diz “70% OFF”. Mas é esse o desconto que você está levando na peça? Cuidado ao se deixar levar pela emoção das etiquetas vermelhas. Muitas vezes ítens sem desconto nenhum – ou com cortes mínimos, como 5 ou 10% – ficam misturadas no meio das grandes ofertas, criando a ilusão que você está fazendo um ótimo negócio quando, na verdade… não, você não está.

3) Você vai usar isso mais de uma vez? Cuidado com os surtos fashion!
É impossível negar que uma boa liquidação faz com que a peça mais extravagante e excêntrica vire atraente até para as mulheres de estilo básico. E, realmente, ela se torna irresistível – é uma oportunidade econômica de adquirir um look que você nunca levaria para casa em um dia normal. Mesmo assim, não esqueça de exercitar o consumo consciente: comprar para usar uma vez e nunca mais também é considerado desperdício.

4) A compra cabe no seu orçamento do mês, ou você só está comprando por ansiedade?
Sabemos que o valor daquele vestido lindo passou dos 3 para os 2 dígitos. Entendemos que é um desconto maravilhoso. Mas, pense bem: seu orçamento permite esta compra de verdade, ou você irá se endividar para não perder a “oportunidade única” (que de única não tem nada?).

Confessions of a Shopaholic

5) É uma tendência que permanece por, pelo menos, mais 6 meses?
Além da questão do desperdício, tome muito cuidado com as modinhas – geralmente as roupas que mais tiveram em voga nos seis meses anteriores, beirando o limite do ninguém-aguenta-mais-ver-e-usar (lembra das clogs?), são as primeiras a ganhar etiqueta vermelha. Antes de passar o cartão de crédito, tenha a certeza que não se trata de uma tendência que você só vai aguentar por mais duas semanas.

6) Só leve o que realmente te serviu.
Experimente, experimente, experimente. Por mais que você ame a ideia da peça, no corpo é sempre outra história – e ter aquela roupa que não serve direito, não valoriza os atributos, cai quando senta e aperta na cintura só vai te fazer se sentir mal. E nada de levar com a promessa de “mandar na costureira para arrumar”, viu?

Guia de compras!
:: 5 tendências que pegaram no outono/inverno
:: 6 casacos que não podem faltar no closet nesta estação
:: Foco nos acessórios! as apostas em botas, bolsas e sapatos 

7) Invista nos clássicos (e nos inusitados que realmente combinam com seu estilo)
Aproveite a época de liquidações para investir em peças atemporais – t-shirts lisas, cardigans, trench coats – eles não possuem prazo de validade. Mas não deixe de levar aquela peça única e diferente que realmente combina com seu estilo. Presenteie-se!

8) Divirta-se!
Quem estamos enganando? Por mais que possamos ter dicas para um melhor aproveitamento, vamos admitir: que cois’ bem boa uma liquidação. No fim das contas, a regra fundamental de uma é se divertir. Chame as amigas, circule sem pressa, experimente tudo, vá à loucura! Esqueça as regras.

Carrie Bradshaw

 

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna