Ao som de funk, grife gaúcha Också abre primeiro dia de desfiles do DWI 2017

Foto: Vini Dalla Rosa, especial
Foto: Vini Dalla Rosa, especial

Coube a uma das principais grifes gaúchas da vez a missão de abrir o primeiro dia de passarela do Donna Week Iguatemi, que é uma realização da Revista Donna e Iguatemi Porto Alegre com apresentação da Renner. Ao som do funk Bumbum Granada, dos MCs Zaac e Jerry, a Också apresentou sua Coleção Inominada, que expande o universo criativo da marca. Agora, aparece mais urbana e utilitária, em sintonia com o que se vê nas ruas. Igor Bastos, que divide a criação da etiqueta com Deisi Witz, explica o novo momento da etiqueta:

— É um momento em que quisemos abrir a Också. Sempre víamos o personagem da marca meio isolado do ambiente. Agora, nos abrimos e trouxemos isso para as ruas.

Guiado por uma cartela de cores de brancos, pretos e cinzas, as peças surgem em materiais que vão do linho ao moletom. A dualidade aparece também nas suaves transparências, em contraponto ao peso do veludo molhado. A modelagem da vez é solta, repleta de assimetrias.

Entre as peças da vez, destaque para as parkas com pegada utilitária e a capa em material plástico. A camisaria também ganha uma nova proposta mais descontruída, com o fechamento dos botões na transversal. Olho também nos acessórios, com a pochete quadrada. Nos pés, sapatos da Melissa.

Foto: Vini Dalla Rosa, especial

Foto: Vini Dalla Rosa, especial

Na passarela, uma novidade bacana: também foram apresentadas algumas das peças da Också em parceria com a também gaúcha Oh! Studio. Cibeli Silva, criadora das belas lingeries feitas à mão, fala sobre a proposta da parceria:

—  Pensamos em trazer a transparência, que é muito a identidade da Oh! Studio, e trazer isso para a Också que é mais orgânica e pesada. Conseguimos fazer esse equilíbrio lindamente, estamos apaixonados pelo resultado.

Depois de desfilar no Donna Week Iguatemi, a Också se prepara para mais um desfile. No próximo dia 6, é a vez da grife representar a moda gaúcha na Casa de Criadores, um dos principais eventos de moda do país, que rola em São Paulo. Mas desfilar “em casa”, conta Igor, tem um gostinho diferente.

—  É bom! Estava até pensando sobre isso, no quão prático é. Antes do desfile, estava em casa de boa. Em São Paulo, precisa viajar. É bom rever pessoas. Tem muita gente aqui que se identifica e gosta da marca. É muito legal proporcionar isso para o público que temos aqui.

Confira mais fotos do desfile na galeria:

Leia mais
:: DWI2017: Conheça o visagismo e transforme o seu visual
:: Direto do DWI 2017: 5 dicas para quem quer montar e gerenciar um e-commerce

Leia mais
Comente

Hot no Donna