Com Gisele Bündchen na passarela, quarto dia de SPFW mostra muito couro e transparência

Penúltimo dia da semana de moda teve desfiles de Pedro Lourenço, Ronaldo Fraga, Gloria Coelho, Patrícia Motta, Lino Villaventura e das grifes Colcci e Pat Pat's

Foto: Nelson Almeida

Não teve para ninguém. Aguardada pelos fashionistas, a top Gisele Bündchen encantou o público em sua passagem pela São Paulo Fashion Week. De barriga de fora, a modelo desfilou pela Colcci, que mostrou mais moletom do que jeans, sua marca registrada. A penúltima noite ainda teve espaço para muito couro e transparência, apostas de Patrícia Motta, Gloria Coelho e Ronaldo Fraga.

Confira mais no Facebook do Donna:
>> GALERIA: as tendências de beleza da SPFW
>> Detalhes, acessórios e microtrends da temporada

Veja como foram os desfiles da noite:

Pedro Lourenço
Filho de Gloria Coelho, que desfilaria mais tarde na SPFW, Pedro Lourenço abriu o dia no teatro da FAAP. Na passarela, uma Carmen Miranda bem minimalista, como as coleções de Pedro Costumam ser. Na cartela de cores, muito preto, branco e bege, com espaço para detalhes em rosa, azul,

Pat Pat’s
Estampas de couro de cobra predominaram no desfile de estreia da Pat Pat’s na SPFW. As novidades da marca, capitaneada por Andrea Viera Batista, filha da também estilista Patricia Viera – foram apresentadas no terraço do hotel Unique. Com a top Alice Dellal no casting, a grife jovem abusou de vestidos em comprimentos mini, decotões e shorts curtinhos. Destaque para as camisetas de bandas como Nirvana e The Doors, que ganharam cara nova em tecidos metalizados.

:: Na nossa página no Pinterest, veja todos os looks dos desfiles

Gloria Coelho
De óculos, as modelos de Gloria Coelho adentraram a passarela da SPFW vestindo cores quase que predominantemente escuras. Minimalista, a estilista brinca com recortes geométricos vazados e transparências em vestidos curtinhos. A coleção traz o jogo do esconde e aparece ao mesclar decotes profundos com calças longas e mais folgadas.

Ronaldo Fraga
Maria Bonita poderia ter vestido looks completos da coleção de Ronaldo Fraga. Mais uma vez, o estilista voltou às suas raízes para construir os looks que desfilaram na penúltima noite de SPFW. Quase predominantemente em couro, mas com espaços para vestidos e blusões de lã, a coleção veio em tons terrosos. Com cortes mais quadrados, as peças ficaram mais aproximadas do corpo, diferente do que costuma se ver nas peças de Ronaldo.

Patrícia Motta
Em sua estreia na SPFW, Patricia Motta mostrou toda a versatilidade do couro em vestidos, macacões e até camisetas. As saias apareceram na altura do joelho, rodadas ao melhor estilo lady like. Para acompanhar, peças em tricô, como blusões trabalhados. Prata, branco e azul predominaram na coleção, inspirada na molécula de gelo.

Lino Villaventura
Colorido e dramático, o desfile de Lino Villaventura teve direito a beijo entre duas modelos na passarela. Dessa vez, os vestidos esculturais do estilista deram destaque aos ombros, seja em transparências ou recortes em formato canoa. Nas peças esvoaçantes, predomínio de cores como roxo e laranja, com espaço para amarelo e tons de azul.

Colcci
Com Gisele Bündchen desfilando de barriga de fora, a Colcci fechou a quarta noite da SPFW. Para o outono/inverno, a grife deixou um pouco de lado o jeanswear e apostou em moletom, tanto na coleção masculina quanto na feminina. Para eles, peças em alfaiataria, como blazer e calças mais asjustadas. Já para elas, o estilo college ganhou força: muito xadrez, saias rodadas e em comprimento mini. Também apareceram jaquetas mais alongadas e oversized, além de casacos em formato “A”. A Colcci aposta em cores escuras, como o preto, o vermelho e o cinza, e também no crash de estampas em um mesmo look, com mesclas de xadrez, listras e pied-de-poule.

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna