Com participação de Marília Gabriela, Ronaldo Fraga emociona ao relembrar a tragédia de Mariana na SPFW

Marília Gabriela no desfile de Ronaldo Fraga na SPFW | Foto: FOTOSITE
Marília Gabriela no desfile de Ronaldo Fraga na SPFW | Foto: FOTOSITE

Meu caminho é de pedra, como posso sonhar?“, diz a canção de Milton Nascimento, entoada ao vivo pela cantora Lívia Nestrovski, com a companhia do músico Fred Ferreira. Talvez somente Ronaldo Fraga conseguiria transformar em poesia – ainda que dolorida – a tragédia de Mariana, maior desastre ambiental do Brasil, há dois anos. O rastro de lama que se espalhou ao longo de 650 quilômetros entre Minas Gerais e Espírito Santo foi relembrado na passarela, com um tapete que simulava todo o barro que dizimou localidades como a de Barra Longa.

Tudo sobre a #SPFWn45
:: Neta de Audrey Hepburn, Emma Ferrer desembarca no Brasil para a SPFW: “Estou amando!”
:: Vem ver como foi a estreia de Paula La Croix, a “Giselinha”, na passarela da SPFW
:: SPFW, dia 2: Refugiados, sustentabilidade, maximalismo e até Hello Kitty apareceram na passarela
:: SPFW, dia 3: a volta de Reinaldo Lourenço, performance de dança e agricultoras na passarela marcam a noite
:: SPFW, dia 4: moda praia bem brasileira, estreia de grife minimalista e coleção inspirada em costureiras marcam a noite

Ronaldo visitou a comunidade e conheceu um grupo de bordadeiras da região. Não deu outra: a história de dor e as tentativas de recuperação inspiraram a coleção As Mudas, um dos poucos desfiles a realmente trazer emoção nesta São Paulo Fashion Week. O estilista mineiro convidou as bordadeiras a retratarem como eram os jardins que haviam em Barra Longa antes da destruição – que voltaram à vida em saias e vestidos. Os restos de galhos que restaram nas ruas depois da passagem violenta da lama foram ressignificados em acessórios assinados pela designer Ana Vaz. Peças que pareciam tingidas de barro dividiram espaço com outras estampadas com fotos antigas de familiares dos que ali viviam.

Leia mais
:: Em entrevista, Ronaldo Fraga reflete sobre o papel da moda hoje
:: Representatividade! Ronaldo Fraga faz primeiro desfile da história da SPFW somente com modelos trans e travestis

Marília Gabriela, jornalista e amiga de Ronaldo, surgiu para abrir e encerrar o desfile, em uma performance que rememorava as vítimas de Mariana. Daqueles desfiles que nos fazem renovar a paixão e a fé no papel social que a moda deveria sempre ter.

Confira mais fotos na galeria

Leia mais
Comente

Hot no Donna