Confira dicas de segurança para arrasar nas manobras de skate

Muitas mulheres começam a andar de skate inspiradas por parentes e amigos

Tielle Haas e Antonia Walig compartilham a paixão pelo skate desde crianças
Tielle Haas e Antonia Walig compartilham a paixão pelo skate desde crianças Foto: Jessé Giotti

Lembre-se de investir em protetores para evitar acidentes. Parece besteira, mas uma joelheira pode impedir que um tombo simples se torne algo mais sério. Antonia Wallig, por exemplo, ficou seis meses sem skate por ter se arriscado um pouco demais.

? Eu estava andando sozinha e sem proteção. Eu cai de joelho no chão e fiz uma torção. Por isso, indico a andar com proteção, que é uma coisa que eu nunca fazia. Aprendi na marra ? confessa Antonia.

Em todas as modalidades capacete, joelheiras, luvas e cotoveleiras são peças fundamentais para a segurança do skatista. Mas é importante lembrar que quanto maior a velocidade da modalidade mais danos pode causar, de lesões musculares a fraturas.

Se andar com equipamentos previne machucados, andar acompanhada ajuda a evitar acidentes mais sérios – como atropelamentos – e também em casos de primeiros-socorros. E, lógico, um companheiro skatista pode dar várias dicas sobre bases e manobras, tornando o rolê muito mais divertido.

Tielle ainda não compete profissionalmente, mas está animada com os convites no exterior. A preparação para praticar a modalidade donwhill inclui pilates e treinos funcionais. Sua treinadora fez um estudo de suas lesões e posições no skate, que envolve estar muito tempo agachada, para preparar toda sua série focada em adquirir força e resistência. O desafio agora é consegui um patrocinador para poder competir em agosto na Argentina.

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna