Consumo consciente: a história de 3 mulheres que se desafiaram a não comprar roupas por um bom tempo

Foto: MasterChef, divulgação
Foto: MasterChef, divulgação

Repetir o mesmo look durante a semana é algo impensável para você? Imagine, então, aparecer em rede nacional com o mesmo vestido e as mesmas botas em diferentes episódios de um programa de TV. Pois foi o que fez Caroline Martins, uma das participantes da quarta temporada do MasterChef, reality show da Band, e o fato gerou burburinho nas redes sociais.

Em resposta aos comentários, a paulista publicou em sua página no Facebook uma explicação sobre seu estilo de vida.

“Jovens, estou recebendo várias menções no Twitter sobre sempre usar as mesmas roupas, e acho legal compartilhar com vocês a ideologia por trás disso, pois este estilo de vida vai muito mais além das minhas vestimentas”

Caroline

 

A MOTIVAÇÃO

A mudança de comportamento da participante do Masterchef ocorreu aos 27 anos. Ansiosa com a oportunidade de estudar no Exterior, a então doutoranda Caroline decidiu deixar “tudo” para trás.

“Até que me dei conta: por que diabos estas perguntas estão brotando na minha cabeça neste momento? Por que estou tão focada na minha aparência, ao invés de estar focada nesta oportunidade estupenda de se viver em outro país, conhecer outra cultura, visitar novos lugares e trabalhar ao lado de feras da minha area? Neste vortex de ansiedade e conflito, resolvi fazer o seguinte experimento: eu me mudaria para Austin levando uma mala com apenas 6 trocas de roupa e 2 pares de calçados. Eu passaria seis meses com “apenas” estas coisas. A minha mãe achou que eu estivesse ficando louca. E eu realmente estava. Louca e cansada de carregar tanta bagagem, tantas opções de vestimenta, e mesmo assim tanta insegurança sobre a opinião das pessoas ao meu respeito.”

A PhD em Física virou exemplo para muitos dos telespectadores do programa que simpatizam com a cultura slow fashion e buscam replicar a prática. Aos 31 anos, Caroline é mais um nome que chama atenção para o consumo exagerado.

Bem antes da cozinheira aparecer nas câmeras, a blogger Joanna Moura (foto abaixo) lançava o desafio Um Ano Sem Zara, que é hoje um dos sites brasileiros mais conhecidos sobre o assunto. Foi em março de 2011 que ela tomou uma decisão radical: passar um ano sem comprar qualquer peça de roupa ou acessório, vivendo só com o que já tinha. A princípio a questão era financeira, mas deixar tudo registrado poderia tornar a experiência menos “desesperadora”.

joanazara

Já a catarinense Daniela Kopsch (foto abaixo) esvaziou o guarda-roupas e passou um ano com 50 peças, tudo registrado no blog Less is the new blackExceto por roupas íntimas, sapatos e assessórios, Daniela passou de setembro de 2015 até os 12 meses seguintes sem comprar ou trocar roupas

17623299

 

Por diferentes percepções individuais, as meninas evidenciam o reflexo da cultura consumista que, como disse Caroline, incentiva o acúmulo de peças que nem sempre são necessárias. Em alta, o assunto será tema da Fashion Revolution, uma semana com debates, workshops e palestras que começa nessa segunda-feira, em Porto Alegre.

 

Leia mais
:: Movimento global Fashion Revolution debate conscientização e sustentabilidade no Estado
:: Fashion Revolution “veste” símbolos de Porto Alegre, como Laçador e estátua de Quintana
:: Donna Indica: confira quatro marcas com estilo sustentável

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna