Contra assédio: saiba por que atrizes não deverão vestir preto como protesto no Oscar 2018

Foto: AFP
Foto: AFP

No Globo de Ouro e no BAFTA os protestos do Time’s Up dominaram as premiações e colocaram um holofote nas denúncias de assédio em Hollywood. Já no Oscar, a iniciativa decidiu não pedir para que as atrizes vestissem preto na cerimônia, mas quem quiser pode utilizar o broche em apoio.

Segundo a USA Today, o movimento combinou com os produtores do Oscar para um momento especial na cerimônia, que ainda não foi divulgado. Shonda Rhimes disse que o Globo de Ouro foi apenas o começo para esta iniciativa

– O Time’s Up está se tornando global. Não é apenas sobre o tapete vermelho.

A diretora Ava DuVernay complementou:

– Nós não somos um grupo de protesto de premiações.

Os organizadores do Oscar também já haviam declarado ao New York Times que a cerimônia dará espaço ao Time’s Up, mas focará mesmo nos filmes indicados

Leia mais:
:: No trabalho, na aula, no consultório, na rua e em casa: mulheres compartilham histórias de assédio sexual
:: O que as denúncias de assédio sexual em Hollywood devem impactar na cerimônia do Oscar
:: Marcas de moda da Europa lançam iniciativa para proteger saúde de modelos e evitar assédio

Leia mais
Comente

Hot no Donna