Dia Mundial do Rock: como o estilo inspirou a moda década a década, de Elvis ao grunge

Iran Molina Marcon*

O rock explodiu na década de 1950 como um movimento de contracultura, trazido por jovens através da música e cultura de rua, com o objetivo de reagir ao ideal de vida perfeito e regrado do período Pós-Guerra. Desde então, sempre esteve ligado à imagem de quebra de padrões e transgressão e, apesar do tempo, nunca perdeu sua essência. Muito mais do que música, o rock é também visual e atitude. Peças que fazem parte de nosso dia a dia e demonstram a influência do ritmo no nosso modo de vestir são, por exemplo, as feitas de couro, especialmente jaquetas perfecto, camisa xadrez de flanela, camisetas de banda, estampas de caveira, peças com spikes, correntes, tachas e coturnos.

:: No nosso Pinterest, um board com as mulheres mais estilosas do rock
:: Pizza rocker! Rodrigo Pilla, da Bidê ou Balde, ensina receita com queijo brie e cebola caramelizada

Como o estilo já tem muita personalidade, para quem “curte” o visual, o ideal é investir nos detalhes: uma estampa, uma textura ou um acessório. Tudo ao mesmo tempo pode ficar forçado, mas é importante que a pessoa se sinta bem. Utilizar cores mais escuras, como o preto, cinza, vinho e verde militar mantêm a fidelidade ao estilo. Uma boa opção para quem não quer adotar o visual por completo pode ser misturar as peças com um look básico.

Assim como outros itens ligados ao rock, as camisetas de banda nunca saíram de moda. Desde a década de 60, quando começaram a ser utilizadas, elas exprimiam insatisfação e questionamento contra o sistema, o conjunto de regras econômicas e morais aceitas pela maioria das pessoas. As camisetas de bandas mais clássicas são as dos Rolling Stones, Beatles, Ramones, Led Zeppelin, Pink Floyd, Gun´s Roses, Nirvana e Pearl Jam. Outras camisetas que apareceram foram as customizadas dos punks, as xadrezes dos grunges e as com frases inteligentes dos hipsters, que também já ganham as ruas e caíram no gosto de muitas pessoas.

Anos 1950

O principal ícone desta época foi Elvis Presley. O cantor foi um dos primeiros artistas da onda rockabilly, que misturava country com rhythm and blues. Gel no cabelo, jeans curto com as barras dobradas (que até então só os mineradores usavam), camiseta branca, camisa xadrez e jaqueta de couro perfecto eram suas marcas registradas.

00a29ead

 

Anos 1960

Nesta época, Bob Dylan fazia sucesso vestindo jaquetas de camurça, botas cowboy e ternos justos. O mais marcante do seu visual era o cabelo desgrenhado e os óculos Ray-Ban Wayfarer (lançado em 1952). Os Beatles aparecem com seu visual e cabelos muito particulares. O mundo conhece Rolling Stones e The Who. Meninos de cabelos arrumadinhos, ternos e gravatas coloridas. O visual era moderno na época e até hoje serve de referência para novas criações.

 

Anos 1970

No início dos anos 1970, o rock já era estilo de vida e bandeira da geração hippie. Jimmy Hendrix, Jim Morrison e Janis Joplin ditavam a moda com lenços, estampas, acessórios em couro e calças boca de sino. Nessa década, também o glam rock que, mais que um gênero musical se tornou um estilo que se popularizou a partir de David Bowie e seu alter ego Ziggy Stardust. Muito glitter, paetês, ombreiras e tecidos metalizados. A ideia era o visual andrógeno, misturando roupas masculinas com femininas, maquiagem e cabelos repicados.

 

Anos 1980

No final da década de 70 começava o movimento punk na Inglaterra, que se fixou e prevaleceu durante toda a década seguinte. Surgiu com looks pensados por Vivienne Westwood e uma atitude que defendia o anarquismo e a crítica social. As bandas Ramones, Iron Maiden, The Clash e Sex Pistols usavam jeans skinny rasgado, camisetas justas, tênis ou coturno e jaquetas de couro perfecto. Surgem bandas de hard rock e heavy metal americanas influenciadas pelo glam. Jon Bon Jovi inspirava com seu permanente, legging e jaqueta de couro. Os óculos escuros da época eram o modelo Aviador, Ray-Ban.

Axl Rose e Slash do Guns N` Roses também lançaram estilo com bandana e cartola. No Brasil surgem as principais bandas de rock e cantores nacionais como Cazuza, Paralamas do Sucesso, Titãs, Ira, Sepultura, Capital Inicial, Cassia Eller e, antes disso ainda, a rainha do rock Rita Lee.

 

Anos 1990

Nesta época, reina a estética grunge, lançada pelos roqueiros de Seattle, Pearl Jam e Nirvana. Kurt Cobain, líder do Nirvana, usa elementos característicos da estética, como sobreposição, jeans detonados, camisas xadrezes, moletons, gorros e desleixo proposital. O seu estilo “não estou nem aí para o que dizem” chegou e tomou conta das tendências atuais e conquistou o mundo além das passarelas. Atualmente, temos um revival da década de 90 na moda. É no inverno 2014 que o estilo se firma como uma das principais tendências junto ao esporte, com releituras sofisticadas de caveiras e camisetas de bandas de rock com ar desgastado e jeans rasgados.

 *Professor de Moda do Senac Canoas, formado em Publicidade e Propaganda pela Unisinos e Design de Moda pela Faculdade Senac Porto Alegre, cursa Pós em Gestão de Moda (Faculdade Senac Porto Alegre)

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna