Estilista Ronaldo Fraga critica marcas fast fashion: “Tem sangue pingando por ali, tem trabalho escravo”

Foto: Dani Nogueira
Foto: Dani Nogueira

O estilista Ronaldo Fraga é conhecido também pelas suas declarações polêmicas: em 2011, ele declarou que a moda como conhecemos havia acabado, causando controvérsia entre os colegas do mundo fashion. Agora, em entrevista à Folha de SP, o estilista resolveu desabafar sobre o consumo desenfreado de moda proporcionado pelas grifes fast fashion:

– O fast fashion de uma marca gringa pinga sangue. Porque não tem como um tênis custar R$ 30. Não tem como um vestido custar R$ 30. Tem sangue pingando por ali. Tem trabalho escravo – conta.

Integrando o elenco do TV Mulher, apresentado por Marília Gabriela no canal Viva, Ronaldo, que é proprietário da própria marca, ainda lista quais são os as dificuldades dos estilistas atualmente:

– A moda hoje tem dois concorrentes poderosíssimos, que são as novas tecnologias e as experiências, como viajar e viver uma história fantástica. O desafio da moda hoje é trazer isso para a roupa.

Leia também
:: Consumo consciente: aplicativo diz quais marcas de roupas usam trabalho escravo

 

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna