Fashion Rio termina com roupas compatíveis com o inverno do sul do país

Diferentemente de outras edições, a passarela foi repleta de roupas quentinhas, sapatos fechados e acessórios para o frio

Besouros foram o tema da coleção de Andrea Marques para o inverno 2011
Besouros foram o tema da coleção de Andrea Marques para o inverno 2011 Foto: Divulgação, Agência Fotosite

A temporada inverno 2011 do Fashion Rio terminou neste sábado deixando aquela vontade de que o inverno chegue logo. Diferentemente de outras edições, a passarela foi repleta de roupas quentinhas, sapatos fechados e acessórios para o frio, como gorros e cachecóis.

A Ausländer levou até um BMW Mini para a passarela montada do Pier Mauá. A neve artificial ajudou a montar o cenário, que remetia à jornada do viajante americano Chris McCandless, personagem do livro e do filme Na Natureza Selvagem. Também ajudou o visual barbudo dos modelos, entre eles o americano Hedi Slimane. A forma como a marca encarou o tema, com muita flanela, moletom e tricô, deixou as roupas bem comerciais e facilmente incorporáveis ao guarda-roupa. A alusão à pele e ao couro usados pelo viajante foi feita com material sintético. Os destaques do desfile foram os acessórios: para elas, maxigorros e  luvas; para eles, maxicachecóis e meia-calça. As principais cores da cartela foram vermelho, camelo, pele, amarelo, cinza e preto.

Lucas Nascimento apresentou uma forma de casulo, com ombros arrendondados e, muitas vezes, praticamente sem espaço para o pescoço. O tema ? simplicidade, movimento e usabilidade em um cenário urbano ? foi traduzido em exercícios arquitetônicos com cores em tom pastel e estampas geométricas. O estilista apresentou uma mistura interessante de tricô com transparências e um conjunto elegante e sensual. A cartela de cores foi composta por preto, verde, camelo e cinza.

A elegância também foi a marca da coleção de Andrea Marques. A estilista se inspirou nos besouros, o que resultou em uma coleção com cintura marcada, tecidos nobres (por vezes com brilho, texturas e transparências), ombros estruturados e silhueta que evidencia as formas do corpo. O ponto forte foi que ela fugiu da obviedade e não usou o desenho de besouros nas estampas, mas praticamente vestou as modelos como se fossem insetos. Andrea apostou no preto, vermelho, azul e verde, em tons que realmente lembram asas de besouros.

O coletivo OEstudio apresentou o tema Com Ciência Negra, se valendo de muito preto e vermelho. A moda fácil de vestir esteve de novo na passarela, onde o que chamou a atenção foram as máscaras o berimbau e o uso de tinta para pintar o corpo dos modelos negros.

A estilista Nica Kessler explorou os filmes Mary Poppins e Ironias do Amor. Por isso, a cintura subiu e ficou bem marcada, a barra das saias desceu e os sapatos ficaram mais comportados, em um visual bem retrô, como o uso de veludo molhado e voal. O estilo Mary Poppins também apareceu em trench coats, estampas de flores e guarda-chuvas. Preto e branco predominaram na passarela.

Leia mais
Comente

Hot no Donna