Campanha da Gap UK para crianças é acusada de sexista

Após a divulgação de uma nova coleção de roupas infantis, a GAP britânica foi criticada nas redes sociais. Nas imagens, enquanto o menino veste uma camiseta com a imagem do físico Albert Einstein é e chamado de “O pequeno estudioso”, a menina usa uma camiseta apenas com o G da marca estampado e a legenda “Borboleta social”.

No Twitter, internautas estão mandando mensagens para o perfil da marca, sugerindo que a campanha tem um tom sexista:

“Meninos são estudiosos e meninas gostam apenas de sair por aí. Clássico sexismo absurdo”, escreveu um usuário.

“Minha filha de 7 anos sonha em ser uma cientista, que tipo de mensagem é essa?”, questionou outra consumidora.

:: Por que este outdoor do filme “X-Men: Apocalipse” com Jennifer Lawrence causou polêmica
:: Jornalista critica declarações de Jennifer Aniston e provoca polêmica nas redes sociais
:: Depois de “Frozen”, possível casal de lésbicas em “Procurando Dory” gera polêmica

Em resposta ao Huffington Post, a porta-voz da empresa, Liz Nunan, declarou que a intenção da marca sempre foi celebrar todas as crianças. “Não pretendíamos ofender ninguém”, esclareceu.

Mais: o nome do físico, autor da teoria da relatividade, está com a grafia incorreta: o correto é Einstein, enquanto a GAP escreveu  ‘Einstien’. A marca chamou o erro de “um descuido infeliz”.

Confira mais alguns tuítes:

“Para quem pensa que o marketing sexista para as crianças não é um problema… É isso mesmo @UKGap?”

“Meu irmão brincava com bonecas quando era pequeno. Ele ainda pode ser um físico?”

“Que vergonha @UKGap, este #sexismo vergonhoso que diminui as meninas”

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna