Moda sob medida e cheia de elegância de Carlos Bacchi

Coleção Alandroal/Foto Juliano Busetti/Divulgação
Coleção Alandroal/Foto Juliano Busetti/Divulgação

Suas criações unem opostos ainda infelizmente raros na moda: luxo e materiais orgânicos e reciclados. Carlos Bacchi utiliza corantes tão naturais que parecem improváveis a um vestido impresso de tanto glamour, como tanino ou hortelã. Seus bordados são de impressionar, assim como sua modelagem, que inebria com volumes ora dramáticos, ora minimalistas, em contrastes precisos.

Com pouco mais de cinco anos de carreira, o jovem designer já criou uma essência marcante, um dos novos nomes mais instigantes do que se chama alta-costura em terras locais – e não teria outra definição se não esta para seus vestidos de sonho.

Coleção Boreal/2016/Foto Juliano Busetti/Divulgação

Coleção Boreal/2016/Foto Juliano Busetti/Divulgação

Carlinhos, como todos o conhecem, celebra o primeiro desfile em uma semana de moda internacional. Junto à amiga Fernanda Daudt, com a marca de bolsas Volta, apresenta uma coleção cápsula no desfile da Flying Solo em Nova York – um coletivo de designers mundiais com curadoria afiada que tem revertido atenção. Sem dúvida, seus vestidos com ares de tapete vermelho vão encantar também por lá como nos encantam por aqui. Quer saber o motivo? A gente conta agora.

Coleção Casulo/2002/Foto Divulgação

Coleção Casulo/2002/Foto Divulgação

Porque a gente ama

Carlinhos é mágico na sua linha criativa. Consegue fugir ao convencional do sob medida. Mescla cortes de personalidade clássica a materiais inéditos a esse estilo de costura, como a seda orgânica em tear manual, o índigo ou o tecido de garrafa PET, e a recortes e bordados de requinte ímpar. Glamuroso e contemporâneo. Elegante e provocativo. Uma haute-organic-couture impecável. “Me apaixonei pelos tecidos orgânicos e reciclados assim que fui apresentado a eles, o que tem tudo a ver com o nosso estilo de vida, o nosso dia a dia”, comenta o designer, que tem uma casa-ateliê no bucólico bairro caxiense de Ana Rech.

Coleção Eco/2015/Foto Divulgação

Coleção Eco/2015/Foto Divulgação

A gente também ama a imagem que Carlinhos e seu sócio, Juliano Busetti, o fotógrafo da marca, criam para o ateliê. Seja em incursões por ambientes naturais da Serra gaúcha – Carlinhos é natural de Caxias do Sul – ou por salões de luxo mundo afora, o visual é sempre clean, sofisticado, sem arestas, valorizando o que realmente precisa ser valorizado, o vestido, o protagonista desta grife especial.

O que só a marca tem

A junção de matéria-prima alternativa ao ambiente do luxo com cortes primorosos de glamour extremo. Ponto. Exclusividade para Carlinhos Bacchi. Ai. Os tingimentos naturais. O jeans invadindo os salões de festa. Os bordados feitos à mão com um toque exato de rusticidade. As saias com volume. Os tons aquarelados. Nossa!

Coleção Alandroal/2017/Foto Juliano Busetti/Divulgação

Coleção Alandroal/2017/Foto Juliano Busetti/Divulgação

Carlinhos conseguiu desconstruir conceitos do sob medida, respeitando cada etapa com sua técnica admirável, algo que revela o talento deste estilista já ao primeiro olhar. Sim. Com conhecimento de uma formação acadêmica em escolas como Instituto Maragoni, de Paris, e muitos cursos de modelagem e desenho, ele adquiriu know-how para transgredir. E isso ele faz com elegância.

Nas redes

https://carlosbacchi.com/

Instagram: carlosbacchi

Facebook: ateliercarlosbacchi

Onde encontrar

No ateliê em Porto Alegre (Rua Barão de Santo Ângelo, 266, Moinhos de Vento) e ateliê-sede em Caxias do Sul (Rua Balduíno Schumacher, 100, Ana Rech, Caxias do Sul).

Leia mais:
:: Grife gaúcha Tonin lança sua coleção outono inverno 2018
:: Atrevida e dramática! Conheça a marca gaúcha Piña com Limón
:: Marcas gaúchas, tendências no mercado e consumo consciente: confira os destaques da primeira semana de moda sustentável do Brasil

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna