Modelo com braço biônico desfilará na Semana de Moda de Nova York

A moda tem aberto (aos poucos) as portas para as diferenças para reconhecer os talentos além delas. Depois da modelo com vitiligo Winnie Harlow estampar inúmeras campanhas de grifes e a jovem Madeline Stuart, que tem síndrome de Down, ter sido anunciada para as passarelas de uma das principais semanas de moda do mundo, agora é a vez Rebekah Marine. Ela, que nasceu sem o antebraço direito, fotografou para a Nordstrom em fevereiro e desfilará no FTL Moda Show da Semana de Moda de Nova York, no próximo dia 13.

:: Atriz de American Horror Story é a primeira mulher com síndrome de down a desfilar na Semana de Moda de Nova York
:: Conheça a única agência especializada em modelos com deficiência do Brasil e a primeira Miss Cadeirante

Hoje com 28 anos, Rebekah sempre acreditou que o sonho de se tornar modelo jamais seria realizado depois dos inúmeros nãos que ouviu, mas tudo mudou quando ela começou a usar uma prótese biônica. Com a autoconfiança que ganhou, ela resolveu tentar investir na carreira. Ao site Mashable, ela contou que sabia que só poderia ser feliz como modelo.

Rebekah-Marine-modelo-braco-bionico

– Ser uma modelo com deficiência tem sido extremamente difícil nos últimos anos. As agências nem olhavam meu portfólio. Mas percebi que o segredo é encontrar um nicho e aceitar que muitos clientes não vão querer trabalhar comigo por conta da minha deficiência – afirmou.

Leia mais
Comente

Hot no Donna