Modelo de Júlio de Castilhos brilha nas passarelas e campanhas internacionais

(Foto: Fernando Rezende)
(Foto: Fernando Rezende)

Caue Fonseca, especial*

Você que está de bobeira em Júlio de Castilhos, olhe bem para os lados. Você pode deparar com uma angel da Victoria’s Secret. Depois de um ano e meio longe de casa em razão de uma mudança, a modelo Martha Streck, 25 anos, conseguiu uma pausa para curtir a família no interior do Estado. O descanso foi interrompido para o ensaio abaixo da Revista Donna e para um bate-papo rápido sobre a carreira, iniciada em 2008.

 

– Gente, nem me fala. Já faz quase 10 anos… – divaga a modelo, ainda carregando forte nos “e”s, sotaque peculiar da região central do Estado.

Em um meio profissional em que as modelos costumam se destacar ainda adolescentes, Martha foi uma descoberta relativamente tardia. Aos 18 anos, interrompeu os planos de prestar vestibular para Direito quando, em São Paulo, uma agência italiana se encantou por seu rosto anguloso e seu porte de 1m80cm. Em 10 dias, antes mesmo de aprender nomes de estilistas, Martha já estava de malas prontas para Milão.

:: Agência de Gisele Bündchen cria divisão para modelos plus size
:: Rejeitada por agências na adolescência, modelo exibe celulite: “Não precisamos ser retocadas”

Em pouco tempo, ela seria um dos rostos brasileiros mais requisitados por grifes como Gucci, Yves Saint Laurent, Alexander McQueen, Christian Dior e Dolce & Gabbana e publicações como Elle, Vogue e Vanity Fair. Em 2010, foi uma das angels do badaladíssimo Victoria’s Secret Fashion Show. Há cerca de três anos, porém, Martha decidiu pegar mais leve na carreira.

– De que adiantava morar em Paris e estar trabalhando até no dia de Natal? Fiz, então, um curso de perfumaria, que é algo que sempre me encantou. O porquê de determinados cheiros me levarem a cenas de infância.

#tbt @nlvogue @studiojohansandberg @sasglamournl

Uma foto publicada por Martha Streck (@marthastreck) em

O plano inicial era passar entre seis meses e um ano distante do trabalho, mas que nada:

– Não consegui nem dois meses – conta a modelo.

Em poucos dias, Martha voa novamente. Agora para Nova York, onde fixou residência desde o inverno passado.

Sabe-se lá quando encontrará tempo para pousar asas novamente no Estado. Aguardemos.

?

Uma foto publicada por Martha Streck (@marthastreck) em

Leia mais
Comente

Hot no Donna