Modelo refugiada sudanesa faz agradecimento especial após encerrar desfile da Chanel em Paris

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Escolhida como o novo rosto da Chanel, a modelo refugiada sul-sudanesa Adut Akech Bior fez um agradecimento especial em sua conta no Instagram agradecendo o estilista Karl Lagerfeld e toda sua equipe pela oportunidade. Adut encerrou pela segunda vez o desfile da grife francesa durante a semana de moda de Paris – um posto importantíssimo no mundo fashion.

“Não foi possível imaginar um final melhor para o meu mês da moda do que andar e fechar o desfile da coleção primavera-verão 2019. Muito obrigada toda a equipe da Chanel por me receber e me deixar fechar outro show espetacular, obrigado por trazer a praia para nós! Eu tenho muito amor e respeito por cada um de vocês e toda a família oficial da Chanel”, escreveu a top.

A modelo de 18 anos entrou para a história da maison neste ano ao ser a segunda top negra a desfilar de vestido de noiva, em mais de 100 anos de história da Chanel.

Adut Akech Bior nasceu no Sudão do Sul e começou a modelar na Austrália, quando se mudou com sua mãe e cinco irmãos para a cidade de Adelaide. Lá, ela trabalhou na agência de modelos da dona da casa em que morava e assim foi descoberta por grandes grifes. A primeira delas Saint Laurent, para a qual atuou como modelo exclusiva da marca por duas temporadas.

Leia mais:
:: Coco Chanel para além do tweed: o legado da estilista para a moda

Leia mais
Comente

Hot no Donna