Não compre, recupere: 5 dicas para transformar as peças jeans (e economizar)

Fotos: Eduardo Liotti
Fotos: Eduardo Liotti

Em tempos de crise, comprar roupa nova não está no topo da lista de prioridades. Então, que tal dar um up naquela peça que você adorava, mas que acabou ficando sem uso no armário depois de um pequeno incidente? Manchas, rasgos  ou partes do tecido desgastadas não significam necessariamente a aposentadoria do seu jeans preferido.

Transformar ou recuperar uma peça é bem mais fácil do que parece – com os materiais certo e um pouco de paciência, é até possível fazer em casa.

Confira as dicas da jornalista Maysa Bonissoni, do canal Não É Mah Ideia:

1. Camisa renovada

– Estou sempre inventando e criando novas formas de uso para roupas e objetos. Esta camisa (abaixo) tenho há 5 anos e já não estava mais curtindo a fenda nos ombros! Então, pensei: por que não dar uma repaginada na peça? Cortei as mangas com uma tesoura bem afiada, na altura da costura. Retirei os botões de tachas dourados, e fui atrás de outros que ficassem mais discretos. Comprei uns marrons bem simples em um armarinho e os costurei! Pronto! Está feita a customização! – ensina Maysa.

Veja as fotos do passo a passo:

2. Calça que vira short

– Outra peça que é muito simples de customizar, é aquela calça jeans que você já cansou de usar! Que tal transformá-la num short, por exemplo? Só atente para o comprimento! Porque, depois que cortar, não tem mais volta! – avisa Maysa.

Como fazer?

1. Vista a calça e marque, com um lápis mesmo, a altura em que você quer que o short fique. Se não quiser vestir, pode pegar outro short do armário, colocar em cima da calça e definir a altura por ele.

2. Cortar, com uma tesoura afiada, uns dois centímetros abaixo do tamanho definido. Atenção: tente cortar o mais reto possível, já a parte de dentro sempre vai ficar mais curta, pois a costura faz o tecido”subir”.

3. Faça bainha – ou  não. Maysa diz que ela normalmente não opta pela bainha: usa aqueles centímetros que estavam sobrando para fazer uma dobra ou desfiar, de leve, as pontas com uma lixa de parede.

Veja como o fica resultado:

3. Customizando a jaqueta

Se você não tem muita habilidade com costura, pode seguir os passos da Maysa e buscar patches que vêm prontos para serem colados, com uma espécie de adesivo na parte de trás. Confira as dicas de Maysa:

– Primeiro, coloquei a jaqueta em cima da mesa e posicionei cada patch de acordo com o lugar onde eu achava que deveria ficar. Para colar, é importante umedecer um pano com água e apoiar sobre o patch para que ele fique entre a jaqueta e o ferro (bem) quente na hora de colar. O patch tem uma película atrás que, com o calor e a umidade, vai aderir ao jeans e colar automaticamente.

Se você quiser garantir mais firmeza – em peças que lava muito ou em locais com muito desgaste, como ombros e joelhos –, pode dar um ou dois pontos depois.

Confira o passo a passo:

:: Época de crise? A saída é customizar o que você já tem no armário | Ana Clara Garmendia
:: Descontos: guia de outlets no RS para economizar nas compras
:: Nécessaire BBB: os melhores achados em maquiagem por até R$ 60

O que mais é possível fazer

Mude a cor

O jeans desbotou? Comprou uma calça colorida e cansou do tom? Tingimento é uma opção. Você pode mandar a peça para uma casa especializada, como a Restaura Jeans, ou até fazer em casa. É possível comprar tintas para tecido no supermercado mesmo ou em ferragens (Tupy e Guarany são algumas das marcas fáceis de encontrar no mercado).

Antes de comprar, tenha uma ideia do peso da roupa, pois cada embalagem de corante pode ser usado em um tecido seco de 300g. Colocar pouca tinta pode fazer a roupa ficar manchada, e tinta demais pode deixar a peça soltando cor por várias lavadas.

Na hora de tingir: esquente água em um recipiente grande o suficiente para cobrir toda a peça. Em outro pote ou panela, dissolva o corante em água fervente (pelo menos 1 litro) e mexa bem. Depois, junte os dois no recipiente maior e mexa bem. É ideal usar uma luva para não manchar as mãos e mexer com uma colher de pau, que possa ser dispensada depois. É importante mexer bastante para garantir que o tingimento fique uniforme.

Após 30 minutos, retire a peça, enxague bem com água quente e sabão e deixe secar. Nessa hora, ainda vai sair um pouco de tinta, e isto é normal.

Veja as diferenças antes e depois de tingir:

Bainha sem costura…

Essa é para quem está com pressa ou não tem muita afinidade com costura. Corte a calça, em linha reta, com aproximadamente 2cm a mais do que o comprimento final. Cole a fita na ponta do tecido (na parte de dentro!) e passe o ferro em cima até aderir bem. Espere esfriar e retire a segunda camada de papel, deixando apenas o adesivo. Dobre a barra para dentro e passe o ferro novamente para grudar bem. Pronto!

Alguns produtos para usar:

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna