“O Grande Gatsby” inspira adaptação de clássicos da moda dos anos 1920

No Brasil a febre de Gatsby aparece ainda tímida, mas deve se manifestar com mais força a partir da semana que vem

Foto: Reprodução

Nos Estados Unidos, onde O Grande Gatsby já está em cartaz, Carey Mulligan é a musa da vez. Por lá, o visual que a atriz desfila no filme inspira o lançamento de coleções de joias, roupas e sapatos com ares dos anos 1920, época em que se passa a história. Itens típicos da década, como o colar de pérolas e o vestido de cintura baixa vão, aos poucos, entrando em coleções internacionais.

No Brasil a febre de Gatsby aparece ainda tímida, mas deve se manifestar com mais força a partir da semana que vem, quando o longa estreia por aqui.

Para trazer a era do jazz e das melindrosas para a moda atual, as grifes se baseiam em três clássicos da década: vestidos soltos ? com cintura baixa e que não marcam o corpo – pérolas e bordados primorosos que, hoje feitos à máquina, recriam o um estilo que exigia meses de trabalho para ser finalizado.

A estilista Miuccia Prada, que criou figurinos para várias cenas, elencou para a revista Vogue americana ? a publicação colocou Carey vestida como sua personagem na capa da edição de abril ? os itens que dão a uma produção o aspecto vintage de O Grande Gatsby:

? Aposte em rendas, franjas e cores claras, como nude e lavanda. Complete com acessórios de muito brilho nos cabelos e as maiores joias que tiver em casa.

* Procure por brincos franjados, braceletes largos e colares de pérolas compridos
* Para modernizar o vestido solto, cinto e scarpin metalizado


Para revisitar o estilo aplaudido em O Grande Gatsby, cabelo com franja cuidadosamente penteada. Arremate com tiara ou presilha com brilho

As últimas do Donna
Comente

Hot no Donna