Paris faz exposição sobre história da tatuagem

Até o dia 18 de outubro de 2015, quem for a Paris e visitar o Musée du Quai Branly vai ver uma exposição impressionante: Questão de Pele. Durante a passagem pelos corredores, painéis, vídeos, fotografias e até uma múmia contam a história deste ícone de muitas culturas.

Entre algumas curiosidades reveladas na exposição, a história do explorador James Cook, que ficou impressionado ao ver tatuagens pela primeira vez durante sua expedição ao Taiti, um dos países mais tradicionais em tatuagem e onde este símbolo faz parte de rituais e crenças. Cook descreveu que homens e mulheres eram cobertos por tattoos, querendo dizer “tatau”, como os polinésios falam em referência à batida do martelo para fincar conchas afiadas- as agulhas que coloriam a pele.

Os pesquisadores e curadores da exposição trazem materiais que revelam que o homem desenha em seus corpo há mais de cinco milênios, seja para enfeitar, punir ou celebrar.

Tatuagens cobrem todo o corpo

Corpos tatuados

Marinheiros e suas tatuagens

 

Tatuagens japonesas

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna