Pedro Lourenço cancela desfile que seria beneficiado pela Lei Rouanet

Assessoria do estilista afirmou que não houve tempo hábil para a captação de recursos

Foto: Gui Paganini

Quando a ministra da Cultura, Marta Suplicy, autorizou o estilista Pedro Lourenço a captar R$ 2,8 milhões via Lei Rouanet  para a realização de um desfile na Semana de Moda em Paris, gerou um debate sobre moda ser enquadrada na categoria de cultura nacional. Marta defendeu a decisão, alegando que o projeto fortaleceria a imagem do Brasil no Exterior, e desejou boa sorte ao modista.

O fato é que, um mês depois da polêmica, Pedro Lourenço anunciou que cancelou o desfile de sua marca na temporada fashion francesa, pois não houve tempo hábil para a captação de recursos para produzir o show. No lugar do desfile de moda, Lourenço exibirá suas criações por meio de uma apresentação digital, como já havia feito com a coleção anterior, em março desse ano. O desfile digital deve ser transmitido em 1º de outubro, durante a semana de moda de Paris.

As últimas do Donna
Comente

Hot no Donna