Photographia: mostra celebra as possibilidades da fotografia na moda

Camila Maccari, especial

Você olha e vê um tecido com motivos abstratos. Mas, se chega bem perto e presta atenção, talvez reconheça o detalhe de uma flor que, redimensionada e repetida muitas e muitas vezes forma uma nova estampa. Nos últimos dois anos, este foi o passatempo preferido da fotógrafa de Zero Hora Andréa Graiz: testar as possibilidades da fotografia, brincando e fazendo experimentações no Photoshop. As fotos podem ser reduzidas, espelhadas, sobrepostas – mas é exatamente a mesma imagem que, em repetição, forma um desenho totalmente diferente. Flores, detalhes de árvores, a Manhattan Bridge ou até alguém olhando o pôr do sol são algumas das imagens usadas pela fotógrafa.

flor rosa

00bd4490

Vestido de Adriana Kavietz. Foto: Andréa

– A ideia era ver como algo pode, facilmente, virar outra coisa, brincar com essa nova imagem que se forma a partir de uma antiga – conta Andréa, que atua como repórter fotográfica da coluna Rede Social.

Não demorou muito para que as estampas virassem peças de roupas que a própria Andréa usava – a primeira delas, uma camisa, foi feita a partir da foto de uma apresentação do Cirque du Soleil em Porto Alegre. Por sugestão de uma amiga, ela decidiu ir além das criações para o próprio guarda-roupa e entrou em contato com designers para levar o projeto adiante. Assim, o hobby que resultou em dezenas de estampas encontrou forma nas mãos de 12 estilistas – 11 gaúchos e um paulista. O resultado da parceria pode ser conferido a partir de 2 de setembro na exposição Photo-Graphia, no Shopping Iguatemi.

flor branca

00bd448d

Design de Juliana Pereira. Foto: Andréa Graiz

Cada designer escolheu a estampa preferida e, a partir dela, criou uma peça exclusiva que estará exposta ao lado de uma ampliação da foto original – assim, você poderá tentar identificar a imagem no tecido. A estilista Victoria Seger levou esse detalhe em conta na hora de decidir com qual trabalharia.

– Achei a fotografia em preto e branco poética e imaginei o efeito que teria exposta ao lado do vestido pronto.

poá

00bd4485

Vestido feito por Victoria Seger. Foto: Andréa Graiz

Entre os looks – 11 femininos e um masculino –, estão blazers, um terno e um vestido em couro phyton. As roupas não estarão à venda: são criações únicas, feitas apenas para a exposição. Ao final, serão entregues a parceiras que se envolveram no projeto desde o início e patrocinaram a produção das peças. Parte da renda será revertida para as ações beneficentes do grupo Voluntárias pela Vida.

tronco

00bd4483

Terno feito pelo estilista João Pimenta. Foto: Andréa Graiz

Leia Mais:
:: Olhar catarina: Pedrita Junckes se destaca como um dos novos talentos da fotografia de moda
:: Como descobrir seu estilo: dicas para você se expressar através do guarda-roupa

Leia mais
Comente

Hot no Donna