Por trás do visual de Rihanna

"Geralmente descrevo o que quero para o show ou para a coleção", diz ela

Foto: Reprodução

Depois do desfile de Rihanna para River Island, durante a Semana da Moda de Londres, a estilista e uma das maiores estrelas pop do planeta apareceu para o aplauso final. Ao seu lado, havia um sujeito de bigode, com jeito de menino. A maior parte do público não tinha ideia de quem se tratava. Ele é Adam Selman, estilista pessoal de Rihanna e seu braço-direito na concepção e criação da marca de roupas que leva o nome dela. São dele todas as peças que a estrela usa em suas aparições e vídeos (exceto as de grifes famosas).

? Nossa relação de trabalho é perfeita ? declara a cantora. ? Sou muito exigente, quero participar de tudo o que faço, o que é meio difícil, mas o Adam é sempre tranquilo. Geralmente descrevo o que quero para o show ou para a coleção e o resultado sai do jeitinho que eu imaginava.

No desfile, o que se viu foram modelos com visual bad girl, de cabelo escorrido, exibindo variações dos vestidos que Michelle Pfeiffer usou em Scarface, saias atrevidas e vestidos que davam a impressão de ter uma camisa amarrada na cintura (tinha até as mangas usadas como cinto). Havia mais barriga de fora do que em show de dança do ventre.

As roupas se mostraram interessantes, com um ar meio durão, mas ao mesmo tempo femininas – e bastante acessíveis, com preços variando entre US$ 200 por um agasalho e US$ 75 por um short. Elas estão à venda na Opening Ceremony e a loja conceitual aproveitará para fazer uma RIHtrospective, ou retrospectiva com roupas que Rihanna usou no passado. No Reino Unido, a coleção ganhará força com a campanha publicitária de Mario Sorrenti.

Adam Selman começou a trabalhar com Rihanna na Loud Tour, de 2011, graças ao namorado, Mel Ottenberg, que é o stylist da cantora. Começou como temporário, mas sempre acabava sendo chamado de volta e hoje exerce a função em tempo integral.

? A gente troca ideia o tempo todo – diz ele sobre Ottenberg. ? Maschega uma hora que tem que parar. Não dá para ficar falando de Rihanna na hora do jantar.

Selman, 30 anos, está sempre sorrindo, usa um moletom de capuz azul e boné. No manequim, está exibido um vestido de musselina branco para a turnê mundial Diamonds 2013 que começou agora em março.

? Ela é superminuciosa na questão de medidas. Manda tirar meio centímetro e subir 2,5 cm. Se você não obedecer, ela percebe ? descreve.

Na parede, esboços para a próxima coleção da River Island.

? São roupas femininas inspiradas em roupas masculinas ? esclarece.

Calça de duas cinturas (esquerda) é a peça mais vendida da coleção

Em 2000, Adam mudou-se para Nova York para estudar moda no Pratt Institute e se sustentava trabalhando na loja da J. Lindeberg no SoHo.

? Usava calça boca-de-sino e tinha mullet! ? confessa.

Durante algum tempo, produziu acessórios para a indústria cinematográfica. Passou três anos trabalhando como faz-tudo no Brooklyn.

? Eu ajudava os restaurantes. Passava reboco nas paredes, fazia mesas de piquenique. Até que chegou uma hora em que tive que decidir se ia continuar fazendo aquilo ou partir para a moda.

Logo começou a trabalhar com o estilista Zaldy em roupas para artistas como Lady Gaga. Em 2007, conheceu a atriz Amy Sedaris na gravação de um vídeo de Dolly Parton.

? Ele fazia de tudo ? relembra Amy. ? Criou uma casinha para o meu coelho, um collant daqueles com colchete na parte de baixo, cortinas… Não tinha só a ideia. Ia lá e fazia. Pois esse é o Adam.

Selman admite que Rihanna é sua grande musa e parceira.

? O corpo dela é insano ? conta Selman. ? É coisa de sonho para quem costura porque não dá trabalho nenhum.

Em dezembro, Selman lançou sua própria marca, a Mister Selman.

? O meu objetivo é fazer uma coleção outono-inverno sozinho. Saber que uma mulher veste uma roupa de banho da Mister Selman seria a coisa mais incrível para mim.


Adam Selman posa com Rihanna no desfile de apresentação da coleção

Leia mais
Comente

Hot no Donna