SPFW, dia 6: evento encerra com diversidade de corpos e sincretismo religioso na passarela

Fotos: Agência Fotosite, Divulgação
Fotos: Agência Fotosite, Divulgação

E chega ao fim mais uma temporada de São Paulo Fashion Week! Neste última dia, foi a vez de conferir (finalmente) um pouquinho de diversidade de corpos na passarela, falar sobre respeito às religiões e até comemorar o aniversário do Mickey.

Tudo sobre a #SPFWn46
:: Conheça as novidades da 46ª edição da São Paulo Fashion Week
:: SPFW, dia 1: Lilly Sarti abre semana de moda com tops Carol Trentini e Isabeli Fontana

:: SPFW, dia 2: a sustentabilidade da Osklen, o street de luxo da Torinno e a índia de João Pimenta
:: Em desfile emocionante, Ronaldo Fraga fala de judeus e palestinos e pede mais tolerância
:: SPFW, dia 3: a praia luxuosa da PatBo e as motoqueiras de Reinaldo Lourenço

:: SPFW, dia 4: a estreia da Bobstore e os 40 anos de moda de Lino Villaventura
:: Representatividade, sim! Apartamento 03 faz desfile somente com modelos negras
:: SPFW, dia 5: a estreia da Cotton Project para elas e o jeans luxuoso da Two Denim
:: Com ajuda de Alexandre Herchcovitch e Luciano Huck, garoto de 16 anos estreia como estilista

Donna esteve na capital paulista e mostrou os principais highlights do que rolou Veja como foi nossa cobertura nas redes sociais pela #DonnaNaSPFW e assista aos vídeos com os melhores momentos da passarela no IGTV do nosso InstagramNo resumão a seguir, a gente te conta o melhor de cada desfile do dia.

Cacete Company e o prazer sem medo

Em uma das estreias mais esperadas da temporada, a mineira Cacete Company revela a que veio já no nome. Sim, trata-se de uma etiqueta sem meias-palavras, que chega para trazer um frescor necessário e uma boa dose de ousadia à SPFW. Em tempos que flertam com a retomada do conservadorismo nos costumes, a grife de Raphael Ribeiro e Tiago Carvalho invoca uma reflexão sobre o prazer e a sensualidade. Vai além: como uma marca abertamente gay, não tem medo de transitar entre o masculino e o feminino. Um sopro de autenticidade.

Na coleção #ARQUIVO06, a dupla criativa trabalha com uma paleta de tons sóbrios como o preto, o cinza e o verde, que ganharam vida com os tons de néon. O acid jeans, lavagem do denim que tem aparecido ao longo dos desfiles, também teve vez na passarela da Cacete. O streetwear descolado da grife traz ainda biquínis e espartilhos. Recortes em lugares inusitados – como o bumbum – reforçam a estética irônica e debochada da marca.

 

Piet e o sporty-street

Em um momento que a moda se alia cada vez mais ao esporte, a Piet estreia na passarela com uma das marcas que traz em sua essência esses elementos – mesclados ao street, que deixa tudo ainda mais atual. Para a temporada, o estilista Pedro Andrade investiu em referências de modalidades outdoor, como o montanhismo e o trekking. As referências aparecem em peças como as jaquetas e os coletes utilitárias em nylon repletas de bolsos. Tudo é muito funcional, sem afetação, pensado para ser útil – tudo a ver com a formação do estilista, design industrial. Destaque também para a alfaiataria bem pensada, que faz bonito para dar leveza e equilibrar looks mais casuais. Na cartela de cores, o amarelo néon dividem espaço com o marinho, preto e o laranja.

João Pimenta e o sincretismo religioso

Em seu segundo desfile nesta temporada – na segunda, apresentou a novíssima coleção para elas de sua etiqueta -, João Pimenta decidiu voltar às origens na linha masculina. Sem medo de se repetir, o estilista abraçou o barroco sem medo novamente, e em um momento mais do que propício. Do candomblé ao catolicismo, o sincretismo religioso aparece em sua passarela para falar de união e respeito em tempos tão austeros.

Já no primeiro look, Iemanjá é a protagonista. Mas também há Nossa Senhora, Santo Antônio… Tudo misturado a uma estética cheia de cor, com pitadas de punk (de novo, uma volta ao passado de João) e até de cowboy. É assim, com botas e jaquetas envoltas em vinil, que João mistura tudo em um caldeirão e o resultado não pode dar mais certo.

Joao Pimenta Masculino_n46_0001

 

Ratier e o passeio (inusitado) pelo campi

É difícil pensar como seria a vida de uma das personas de Renato Ratier – a saber, também dono da casa noturna paulistana D’Edge – no campo, em meio ao verde. Mas foi exatamente esse exercício que o estilis propôs na coleção vista neste último dia de SPFW: uma invasão à natureza.

Na passarela, isso se traduz de forma sutil, mas certeira. O couro, material que está no DNA da grife dá lugar à leveza do linho. Contudo, o neoprene e o nylon se mantém para garantir a identidade da marca. Há presença de cores como o rosa lavado, os terrosos e, claro, o preto e o cinza, que quebram o bucolismo. Peças únicas como macacões estão entre as preferidas, mas há espaço também para calmas em alfaiataria, bermudas e saias alongadas com fendas generosas. Boa surpresa também é o beachwear da marca, com o hit da estampa de cobra.

rati_n46_0033

 

Água de Coco e a diversidade colorida

Para encerrar esta SPFWn46, a Água de Coco preparou um fashion show com direito à diversidade de corpos e idades na passarela. E teve até presença estrelada do Mickey e da Minnie – o simpático ratinho completa 90 anos em novembro e ganhou uma homenagem da marca. A primeira parte do desfile foi dedicada à coleção Cores. A top gaúcha Carol Trentini adentrou com um maiô esverdeado, que ficou ainda mais elegante graças às mangas em organza – referência ao efeito translúcido, um dos motes da vez para Liana Thomaz. A estilista ainda trabalhou com outros tecidos não costumeiramente usados na moda praia, como o chiffon, que garantiram um ar quase festivo a biquínis e maiôs. O casting foi uma boa surpresa: teve duas modelos plus size, uma modelo grávida e outra mais velha. Com celulite e estrias, como qualquer mulher. Bingo, Água de Coco!

No embalo das nove décadas do Mickey, o segundo ato trouxe peças com inspirações nada óbvias no personagem. Como o biquíni com botões na parte de baixo, que lembra a calça do ratinho. Ou as mangas bufantes em blusas, uma provável referência às orelhas do rei da Disney. Aliás, foi diretamente de seu reino encantado que Mickey e sua fiel escudeira Minnie desembarcaram para uma aparição especial e fofa no fechamento desta temporada.

Agua de Coco_N46_0007

Leia mais
Comente

Hot no Donna