Sunga ou bermuda? Saiba o que os gaúchos preferem

Muitos torcem o nariz só de ouvir a palavra "sunga". Aos poucos, porém, os homens gaúchos parecem estar perdendo o preconceito e largando a bermuda em prol de um bronzeado uniforme

Ainda há um certo preconceito contra as sungas entre os gaúchos
Ainda há um certo preconceito contra as sungas entre os gaúchos Foto: Félix Zucco

Refugiado em uma pequena ilha de sombra criada pelo guarda-sol em uma escaldante tarde de verão em Capão da Canoa, a vida parece boa para o professor Joel Kuyava, 30 anos. Ele está confortável usando bermuda e óculos pretos, recostado em uma cadeira de praia na companhia da namorada, mas altera a expressão tranquila do rosto quando escuta a palavra vetada do seu dicionário de verão: sunga.

? Ah, não. Não, não… Não mesmo!

A rejeição de Kuyava à sunga é inconsciente e remete à infância. Desde menino não se sente confortável com o traje de banho curto:

? Nem quando criança eu usava sunga. Minha mãe diz que queria colocar em mim, mas eu não deixava.

Kuyava integra o grupo de ortodoxos da bermuda, que não abandonam a vestimenta até o joelho nem mesmo à beira da praia ou para mergulhar no mar. O argumento deles é simples: sunga é feio.

Ainda que não se possa mensurar em números, o embate entre a sunga e a bermuda tem sido parelho nas areias gaúchas, com leve vantagem para a bermuda. Em um passeio pela beira-mar de Atlântida e Capão da Canoa, encontra-se todas as vestimentas. Além da sunga e da bermuda, o calção é uma opção intermediária, mas menos cotada. Os três modelos são usados por gente de todas as idades, apesar de o calção vestir principalmente os mais velhos. A sunga e a bermuda são as preferidas dos jovens.

Leia também
>>> Como escolher bermudas e sungas adequadas para cada tipo de corpo

A cada temporada, porém, novos veranistas decidem abandonar a bermuda a favor dos benefícios que atribuem à peça mais curta: conforto e bronzeado uniforme. Depois de muitos verões vividos dentro de bermudas, o mecânico automotivo Gustavo de Momi, 29 anos, decidiu este ano estrear uma sunga preta na orla de Capão.

? Sempre usei bermuda, e ainda acho mais bonito. Mas estou de sunga para bronzear o corpo inteiro, não ficar com aquela marca branca ? justifica.

Muitas vezes, a escolha pela sunga é motivada por uma pressão feminina, como a que a fiscal municipal Giseli Mandler, 31 anos, exerceu sobre o marido, o designer gráfico Daniel Quadros, 31.

? Antes eu achava estranho usar sunga porque, na verdade, é tipo uma cueca, né? Mas fico mais à vontade ? compara o santa-cruzense.

? E é mais fácil de lavar ? diverte-se Giseli.

No Rio, “não tem grilo”

O que se vê nas areias, segundo o empresário e editor do blog de moda masculina ItMan.com.br, Edu Santos, é um sinal do que já vem acontecendo na cidade: uma abertura, ainda que lenta, dos homens gaúchos para assuntos relacionados à estética.

? O gaúcho é um pouquinho mais conservador para tudo, inclusive para a praia. Mas ele está se desapegando de alguns preconceitos como o de usar a sunga e um protetor solar adequado à pele dele ? afirma.

É pela questão cultural que Lanes Arismendi, 16 anos, não se sente à vontade para vestir sunga, apesar de não achar feio.

? Sou da Fronteira, e lá todo mundo usa bermuda. Só os “coroas” que vão para praia de sunga ? justifica o estudante.

A balança que faz com que no Estado a bermuda ainda mais utilizada do que a sunga começa a mudar conforme se vai avançando pelo restante do país. No Rio, a sunga é o traje natural desde a infância.

? É muito normal estar de sunga, não há nenhum grilo. O carioca pode estar de bermuda, mas com uma sunga por baixo para ir à praia. Nossa temperatura é mais quente, tem horas que você quer estar com menos roupa possível. No auge do verão, a bermuda começa a grudar e você quer estar mais livre ? explica o diretor criativo da grife masculina Addict, Maxime Perelmuter.

Entre o público feminino tampouco existe consenso sobre o traje masculino mais apropriado. As irmãs Amina e Tamara Manara, 17 e 19 anos, torcem o nariz para a sunga. Diferente da mais velha do trio, Aicha, 21 anos, que acredita que homem pode ficar bonito de sunga, sim. Ela estabelece, porém, dois requisitos básicos.

? Tem que ser forte e bronzeado ? exige a estudante de Santa Maria.

Até o governador…

 
Foto: divulgação

Neste verão, o time das sungas ganhou o reforço do governador Tarso Genro. Após participar de um evento no Litoral Norte, Tarso surpreendeu os veranistas de Capão da Canoa ao entrar no mar de sunga azul clara com listas laterais brancas e azul. Demorou poucos dias para montagens com a imagens do governador de sunga nos mais diversos lugares (piscina do BBB, socorrendo veranistas à beira-mar e pescando) virarem uma página na internet: Tarso de Sunga.

Confira a cobertura de verão
>>> Confira dicas para não estragar smartphones e tablets na praia
>>> Cortes, acessórios e cores de cabelo que são tendências na estação
>>> Parque das Dunas, em Cidreira, é destino de turistas no Litoral Norte
>>> O verão de quem curte a praia fazendo esportes em contato com a natureza
>>> Os clássicos chapéus Panamá ganham o Litoral Norte na cabeça das mulheres

Leia mais
Comente

Hot no Donna