Volta o longo, desaparece o jeans: confira as tendências da Semana de Moda de Paris

Macaquinhos, trechs e mangas com pele falsa devem pegar no outono/inverno

Paletas de cores escuras aparecem em trechs e casacões, que se arrastam no chão
Paletas de cores escuras aparecem em trechs e casacões, que se arrastam no chão Foto: Joel Ryan

Os desfiles da Semana de Moda de Paris, que terminaram nesta quarta-feira, apresentaram as coleções para o próximo outono-inverno. Saiba quais serão as tendências:

A cor explode

O vermelho escuro e o bordeaux estão muito presentes, ao lado de uma paleta de tons entre o azul e o verde ? verde claro, turquesa e verde escuro “floresta”.

A volta da saia:

Nada de shorts ou bermudas, poucas pantalonas. Os raros exemplares percebidos nas passarelas são justos e vão até a barriga da perna. Em troca, os macaquinhos e macacões são muito vistos, muitas vezes bordados com rendas, mas os estilistas não estão certos de que esta tendência predomine.

Desaparecimento do jeans:

Ele ainda é a roupa mais usada nas ruas, mas, curiosamente, quase desapareceu dos desfiles, em proveito do prêt-à-porter de luxo, com muita força.

O retorno do longo:

Escondam os joelhos! Vestidos e saias são bem mais compridos. Como os casacões, quase arrastam no chão. De modo geral, os estilistas, mesmo os mais exagerados, apresentam modelos “usáveis” visando uma clientela de mais idade (40-60 anos).

Capas:

O trench, que nunca sai da moda, permanece e aparece em cores brilhantes.

Mangas com pele:

Nos vestidos e casacos, verdadeiras e falsas peles continuam muito presentes, principalmente nas mangas, muito volumosas, e no pescoço.

Nos pés:

As botas mais simples destronam a ‘cuissarde’, a que vem até as coxas. Em relação aos calçados, está de volta o sapato-boneca, com um salto moderado e largo.

Leia mais
Comente

Hot no Donna