A partir de 2012, berços passarão a ter certificação de conformidade do Inmetro

Inmetro espera prevenir acidentes envolvendo crianças e bebês
Inmetro espera prevenir acidentes envolvendo crianças e bebês Foto: Carlos Edler

Até o final de 2012, os berços fabricados no Brasil terão que seguir normas de segurança definidas pelo Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro). Com a medida, que integra o Programa de Avaliação da Conformidade, o órgão espera prevenir acidentes envolvendo crianças e bebês.

Os berços vão passar a ter uma certificação obrigatória. Segundo Aline Oliveira, uma das técnicas responsáveis pelo programa de adaptação do produto, a primeira coisa que os pais devem observar é a presença do selo de identificação da conformidade do Inmetro, que deve estar exposto no berço e na embalagem do produto.

O Inmetro também estabeleceu outra normas para certificação de conformidade. A partir do final de 2012, o produto só terá esse selo se a criança não conseguir levantar a base do colchão ou do berço. Já o colchão, se não for parte integrante, deve ter marcação na base do berço, com recomendação de que tenha espessura máxima de 120 milímetros.

As novas regras definem ainda que os fabricantes nacionais e importadores passem a produzir, até o final de 2012, apenas berços com bordas arredondadas ou chanfradas e sem arestas, com sistema de travamento das laterais, instruções em português e todas as informações do fabricante, distribuidor ou do comércio, como razão social, nome ou marca comercial registrada, e identificação do produto.

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna