A transformação da bela Rosie Huntington-Whiteley

Top inglesa substitui Magan Fox no papel de namorada do mocinho da série Transformers

Foto: nao se aplica

Ela tem um nome pomposo e uma beleza estonteante. Aos 24 anos, a top model Rosie Huntington-Whiteley estreia no cinema no arrasa-quarteirão Transformers: O Lado Oculto da Lua enfrentando desafios que poderiam intimidar uma novata – um dos maiores talvez seja substituir a sensualíssima Megan Fox na função de namorada do mocinho da série de filmes encarnado por Shia LaBeouf. A modelo inglesa, porém, saiu-se bem na missão: além de não ficar muito atrás da atriz americana em sex appeal, Rosie atua melhor do que Megan.

Acompanhando o diretor Michael Bay e o ator Josh Duhammel no Rio de Janeiro na divulgação da terceira aventura de ficção científica da franquia Transformers, a linda Rosie deu uma entrevista exclusiva para o Donna no terraço do hotel Copacabana Palace.

Donna – O que você acha de estar debutando no cinema em uma superprodução?
Rosie Huntington-Whiteley –
Foi uma grande oportunidade para mim e uma surpresa, uma montanha-russa. Eu sabia que quando Michael me ofereceu o papel, mudaria minha vida. Foi muito trabalho, nós filmamos por sete meses, 17 horas por dia, às vezes. Eu estava com os rapazes o dia inteiro e gostando da grande família, fui muito bem acolhida. Então eu me senti muito feliz por estar aqui.

Donna – Você parece confiante em cena.
Rosie –
Muito obrigada. Eu conheci o Michael Bay em 2009, em um set de comercial da Victoria’s Secret. Depois ele me mandou um e-mail e disse que estavam buscando alguém para o Transformers 3. “Eu gostaria que fizesse um teste, você se importa?”. Sabe, quando Michael Bay pede para você fazer um teste para o novo filme dele, é esperto fazê-lo! Então, eu fui. Alguns dias depois recebi uma ligação explicando que na verdade eu estava fazendo um teste para o papel principal feminino, que era segredo, e se eu estaria interessada. Eu disse que sim, e três semanas depois estava no set filmando minhas primeiras cenas. Então aconteceu muito rápido e foi muito animador.

Donna – E como foi contracenar com esses robôs criados pelo computador? É mais fácil ou mais difícil do que com humanos?
Rosie –
Bom, foi muito interessante. Você assiste a esses filmes e nunca entra na sua cabeça a maneira como eles realmente fazem as coisas. O que realmente acontece é que há um mastro alto no qual eles colocam uma figura com o rosto do Autobot. Então, na verdade, você está falando com ninguém, o que requer muita imaginação. Michael mostrava as imagens prévias, como um desenho computadorizado do que aconteceria na cena. E você tinha que colocar sua própria imaginação nisso. Foi um grande exercício para mim, como uma atriz novata, mas com certeza houve momentos desafiadores, especialmente por ser meu primeiro filme.

Donna – Você está preparada para a comparação inevitável com Megan Fox?
Rosie –
Claro, quer dizer, eu acho que sim. Se foi a Megan Fox, se foi outra pessoa, você sempre vai ser comparada, é o que as pessoas gostam de fazer, elas gostam de comparar você. Isso vai acontecer. Estou preparada para isso, sim.
 
Donna – Você vai continuar sua carreira na indústria cinematográfica? Pode falar sobre seus próximos projetos?
Rosie –
Estou torcendo para fazer outro filme. Não sei que tipo vai ser. É uma jornada muito excitante para mim agora, estou aprendendo muito sobre mim, minhas forças, minhas fraquezas.

Donna – O mundo dos filmes é diferente do mundo da moda?
Rosie –
Sim, é muito diferente. Há muitas coisas diferentes entre ser modelo e ser atriz. Coisas que a tornam uma grande modelo, ter noção do seu corpo, ter consciência de como você posa para a câmera, por exemplo. Isso você realmente tem que esquecer sendo atriz. Foi interessante o processo de mudar de uma coisa para outra.
 
Donna – Você é uma das angels da grife Victoria’s Secret. Você tem alguma amiga modelo brasileira?
Rosie –
Sim, sou amiga de todas as meninas da Victoria’s Secret! A Alessandra Ambrósio é uma das minhas grandes amigas. Eu adoro a Ana Beatriz Barros. Tem muitas das meninas do Brasil que são minhas amigas.

Leia mais
Comente

Hot no Donna