Acidentes domésticos comuns no inverno envolvem crianças e queimaduras

. Parte deles ocorre quando as crianças brincam nos horários de preparo dos alimentos

Wilza Carla em "Saramandaia"
Wilza Carla em "Saramandaia" Foto: TV Globo

Quem tem criança em casa sabe como é: um breve descuido pode acabar em desastre. No inverno, as campeãs em acidentes domésticos são as queimaduras ocasionadas por líquidos quentes em garrafas térmicas, cuias de chimarrão, xícaras de chá, entre outros. Parte deles ocorre quando as crianças brincam nos horários de preparo dos alimentos. Ou quando os pais esquecem aparelhos ligados, como aconteceu com a comerciária Sheron Fontoura Kreismann, 21 anos.

Ela costumava ligar a chapinha de cabelo no transformador, mas, por distração, acabou desligando a chapinha e esquecendo o transformador ligado. Foi o bastante para que seu filho Eric Fontoura Kreismann Raup, de um ano e nove meses, colocasse a boca no local e levasse um choque de terceiro grau. Em decorrência das queimaduras, precisou reconstruir o lábio inferior, que perdeu um terço da pele.

? Sabia que poderia acontecer, mas, na hora, esqueci de desligar. Ele vai ficar com a cicatriz por minha causa ? diz a mãe, ainda abalada pelo acidente, ocorrido no mês passado.

Para o chefe do Serviço de Pediatria do Hospital São Lucas, João Carlos Batista Santana, situações como a vivida por Sheron e Eric poderiam ser evitadas com mais informação e prevenção.

? Só em Porto Alegre, são 2 mil casos desse tipo por ano, sendo que metade deles atinge crianças. Essas queimaduras deixam sequelas físicas e psíquicas graves. E o tratamento é bastante doloroso. Não tem por que arriscar ? recomenda o pediatra, lembrando que, desses casos, 80% ocorrem dentro de casa, próximo aos pais.

Até a água do chuveiro ou da banheira pode queimar a pele do bebê, ressalta o médico. Crianças de até três anos geralmente se queimam por escaldo (derramamento de líquido), segundo a cirurgiã plástica Maria da Graça Figueira Costa, supervisora técnica da unidade de queimados do Hospital Cristo Redentor. Já as de quatro a 12 anos se queimam com álcool, em razão da “fase incendiária” pela qual muitos passam.

Dicas para evitar queimaduras:

:: Quando o fogão estiver ligado, inclusive o forno), não deixe a criança se aproximar. Cozinhe sempre nas bocas de trás do fogão e com os cabos das panelas virados para dentro;
:: Mantenha produtos químicos fora do alcance das crianças, principalmente quando houver chama por perto;
:: Cuidado com as velas. Elas devem ficar longe dos pequenos, bem como de cortinas e lençol. Ao sair de casa, apague-as;
:: Evite ligar vários aparelhos eletrônicos em uma mesma tomada. De preferência, cubra-a com um protetor;
:: Evite carregar as crianças no colo enquanto mexe em panelas;
:: Fogos de artifícios nunca devem ser manipulados por crianças. Mantenha-as longe deles;
:: A fiação elétrica não pode ficar exposta em locais onde circulem crianças;
:: Evite toalhas de mesa. A criança pode puxar e acabar derrubando alimentos e líquidos quentes.

Primeiras medidas diante de uma queimadura:

:: Imediatamente, retire roupas e substâncias aderidas à pele;
:: Resfriamento com água fria (entre 8oC e 15oC), o quanto antes, é o melhor tratamento de urgência, sobretudo antes da primeira hora do acidente);
:: Seque com cuidado o local, sem esfregar a pele;
:: Não aplique nenhum tipo de pomada, manteiga, café ou pasta de dente;
:: Procure ajuda médica. O tratamento deve ser acompanhado por pediatra ou dermatologista;
:: Uma vez cicatrizado o local onde ocorreu a queimadura, os filtros solares são importantes para prevenir manchas e outros problemas futuros (até câncer, dependendo do tipo e da extensão da queimadura).

Choques elétricos

:: Interrompa o contato da pessoa com a fonte elétrica;
:: Desligue a chave geral. Se não for possível, deve-se afastar a fonte elétrica com material não condutor de eletricidade (borrachas ou panos secos).

Fontes: ONG Criança Segura, pediatra João Carlos Batista Santana, cirurgiã plástica Maria da Graça Figueira Costa e dermatologista Dóris Hexsel

Leia mais
Comente

Hot no Donna