Agulhas do bem: acupuntura traz benefícios físicos e estéticos

Foto: AN, divulgação

Alardeados há milênios pelos chineses, os efeitos da acupuntura vêm conquistando cada vez mais brasileiros, sobretudo desde que o Ministério da Saúde reconheceu a eficácia para a saúde do estímulo de pontos específicos na superfície na pele. A aplicação das agulhas é praticamente indolor. Mesmo nas partes mais sensíveis, o incômodo da picada é suportável, afirma a biomédica e acupunturista Paola Zan Mussoi, de Caxias do Sul.

A acupuntura pode ser usada para tratar inúmeros males, mas a Associação Médica Brasileira de Acupuntura recomenda a terapia principalmente para casos de estresse, ansiedade, depressão, insônia, enxaqueca, alterações hormonais, baixa imunidade, problemas reumáticos e dores musculares.

Recentemente, uma revisão de 31 estudos da revista especializada Anesthesia & Analgesia destacou que a acupuntura é excelente relaxante e o mais eficaz dos medicamentos para tratar dor de cabeça. As agulhas ainda podem ser usadas para fins estéticos, como correção de rugas, acne, linhas de expressão e redução de gordura localizada, segundo Paola.

– A recomendação da acupuntura é ampla porque é uma terapia que busca reequilibrar as energias do organismo. As agulhas, aplicadas em pontos ricos em terminações nervosas, agem no sistema nervoso central e liberam substâncias que geram alívio e bem-estar – explica.

A acupuntura faz parte da medicina tradicional chinesa. A técnica baseia-se na filosofia do Yin-Yang, duas forças do universo que estão sempre em mutação. Quando Yin-Yang estão em desequilíbrio, as doenças aparecem. O equilíbrio de mente, espírito e corpo é garantia da saúde.

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna