Angelina Jolie critica Conselho de Segurança por falta de ação contra estupros em tempos de guerra

"Lutar contra a violência sexual é uma responsabilidade de vocês", disse a atriz

Angelina durante discurso nesta segunda-feira
Angelina durante discurso nesta segunda-feira Foto: Stan Honda

A estrela de Hollywood Angelina Jolie criticou nesta segunda-feira o Conselho de Segurança da ONU por sua falta de ação contra os estupros ocorridos em tempos de guerra, evocando, entre outras coisas, os conflitos na Síria e República Democrática do Congo, em um discurso surpresa ante os 15 membros do organismo. Jolie disse que o Conselho da ONU deve “mostrar determinação” para defender as milhares de vítimas de agressões sexuais durante as guerras. 

? O mundo ainda tem de assumir os estupros em zonas de guerra como uma prioridade ?, afirmou. 

? O estupro é uma arma de guerra, uma ameaça contra a segurança. Lutar contra a violência sexual é uma responsabilidade de vocês ?, declarou ainda.

As últimas do Donna
Comente

Hot no Donna