Aparelho combina três técnicas diferentes no tratamento de celulite, flacidez e gordura localizada

Equipamento traz tecnologia de em prol da beleza

Novo equipamento promete resultados mais eficazes em um menor espaço de tempo
Novo equipamento promete resultados mais eficazes em um menor espaço de tempo Foto: Jefferson Botega

Flexibilidade e personalização são as duas características principais do TriActive Plus, aparelho de ponta do mundo da alta tecnologia em prol da beleza que acaba de desembarcar em Porto Alegre. Ao combinar laser, ultrassom e radiofrequência no combate à flacidez corporal, celulite, gordura localizada e envelhecimento facial, o equipamento promete resultados mais eficazes em um menor espaço de tempo justamente devido ao alto grau de acuidade com que permite tratar cada caso.

Ao unir a ação de seis peças de mão diferentes em uma só plataforma, o aparelho permite a prescrição de um tratamento específico para reduzir medidas, definir a região abdominal ou glútea e diminuir a flacidez na área do pescoço, por exemplo. De acordo com a dermatologista Marta Rossignolli, que realiza o treinamento de profissionais na nova tecnologia em todo o Brasil, vem dessa combinação de técnicas a rapidez com que os resultados são demonstrados, além da frequência com que o TriActive pode ser utilizado, de até três vezes por semana.

– Como ele acelera o metabolismo, os resultados podem ser intensificados ainda mais pela prática de exercícios após a aplicação – acrescenta Marta.

Uma sessão para tratar flacidez na barriga, por exemplo, utiliza a radiofrequência para efetuar uma espécie de drenagem enquanto reativa a microcirculação e promove a contração de fibras de colágeno. Em seguida, o ultrassom aprofunda a linfodrenagem e ajuda a restaurar a tensão elástica de colágeno da pele. Por fim, o laser reativa e melhora a circulação dos vasos intradérmicos e atua beneficamente na segunda camada da pele.

Após uma única aplicação combinando as três técnicas, já é possível notar os efeitos. E, o que é melhor: o processo é totalmente indolor – um único pequeno desconforto é o zumbido produzido pelo ultrassom. O valor do tratamento fica entre R$ 300 (corporal) a R$ 500 (facial) por aplicação.

Cabe ao médico avaliar cada caso e, além de algumas contraindicações (gravidez, uso de DIU de cobre e problemas renais, por exemplo), indicar a quantidade de sessões e a especificidade de cada técnica do aparelho.

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna