Aplicativo para celular promete descobrir se seu filho é gay

Segundo organização LGBT, questionário reforça estereótipos

Aplicativo pergunta se o filho gosta de esportes e se a mãe é divorciada
Aplicativo pergunta se o filho gosta de esportes e se a mãe é divorciada Foto: Divulgação/Emmene-Moi

Mães em dúvida sobre a sexualidade do filho podem recorrer à tecnologia. Pelo menos, é o que promete um aplicativo francês para smartphone.

Por 99 centavos de Euro ? pouco mais de R$ 2,50 ?, é possível saber “se tudo vai bem e em ordem com seu filho”, diz a descrição numa loja virtual. Após preencher um questionário, a mãe deverá ter a resposta para “a pergunta que vem fazendo a si mesma por talvez muito tempo”.

As questões abordam temas que supostamente indicariam a preferência sexual de um rapaz, como o gosto por esportes, os hábitos de beleza e se ele é fã da cantora Mylène Farmer, uma espécie de Madonna francesa.

O controverso aplicativo também pergunta se a mãe é divorciada, insinuando que a ausência de uma figura paterna pode levar à homossexualidade do filho.

Caso o teste indique heterossexualidade, a mãe recebe uma mensagem de parabéns:

? Você não tem com que se preocupar, seu filho não é gay. Você tem uma boa chance de se tornar avó.

Para questionários que indiquem homossexualidade, a mensagem diz:

? Não seja cega. Ele é gay! ACEITE! Ele gosta de garotos tanto quanto você gosta de homens.

Controvérsia

Em comunicado, a Federação LGBT da França afirmou que o aplicativo apresenta uma visão simplista, caricata e degradante da homossexualidade masculina. O porta-voz da organização, Stéphane Corbin, disse ao site Rue89 que, ao reforçar estereótipos e preconceitos, o questionário contribui para a homofobia.

O criador do aplicativo, Christophe De Baran, justificou que as perguntas não passam de uma brincadeira. Segundo ele, o objetivo é tirar a carga dramática da situação e ajudar as mães a aceitarem a homossexualidade de seus filhos.

Leia mais
Comente

Hot no Donna