Aprenda a cuidar da região mais sensível do rosto durante o inverno

Saiba como evitar olheiras, pés de galinha e bolsas debaixo dos olhos

Com o ar muito seco, até quem tem produção normal de lágrima pode sentir algum desconforto ocular
Com o ar muito seco, até quem tem produção normal de lágrima pode sentir algum desconforto ocular Foto: Divulgação

A pele ao redor dos olhos é muito fina, vascularizada e com poucas glândulas sebáceas ? as secretadoras da substância oleosa conhecida como sebo. Por isso, é a mais delicada do rosto. 

? Além de sensível, essa região da musculatura orbicular (que movimenta as pálpebras)  é bastante ativa. Movimenta-se quando rimos, choramos e fazemos outras expressões ? explica a dermatologista Luciana Vasconcelos.

Por esses motivos, a área merece cuidados especiais. Para fazer um tratamento que recupere totalmente a beleza da região dos olhos, o dermatologista  Erasmo Tokarski recomenda o uso de cremes regeneradores, peelings químicos e laseres, além de manter a pele sempre hidratada.

Olheiras

Basta uma noite maldormida e lá estão elas. 

? Além da insônia, a genética é um fator determinante para o surgimento das olheiras, com maior incidência nas pessoas de pele morena ? explica o dermatologista  Erasmo Tokarski.

O problema, de acordo com o médico, nada mais é que a má circulação sanguínea. Para amenizar a situação, ele ensina que, primeiro, é preciso tratar os pequenos vasos sanguíneos, pois são eles os responsáveis pela coloração escura. 

? Em seguida, investigamos se não há alguma atrofia de colágeno na área para, então, tratá-la, em uma ação combinada de laser e ácido tioglicólico. Após o procedimento, a região passará por um processo de clareamento, usando associação de cremes, de ácido tioglicólico e de peelings da mesma substância.

Bolsas debaixo dos olhos

Mais uma situação que acaba com a imagem de saúde da face. O dermatologista Erasmo Tokarski explica que elas ocorrem porque há, ao longo dos anos, na região dos olhos, um acúmulo de gordura, que ganha esse formato de “bolsa” com a atrofia natural da pele. 

? Há duas maneiras de tratá-las: a primeira é com laser de modulação, o mesmo usado para os “pneuzinhos”. A outra é a microcirurgia, sem cortes, na qual a gordura do local é retirada pela conjuntiva ? membrana mucosa que reveste a  arte interna da pálpebra e a superfície exposta da córnea ? esclarece.

Pés de galinha

Esse não é mais um problema sem solução. A dermatologista Luciana Vasconcelos afirma que hoje os profissionais contam com muitos aliados no tratamento, tais como o botox, o preenchimento com ácido hialurônico, o laser fracionado e também um laser novo chamado Tulium. Outra novidade é o Plasma Rico em Plaquetas (PRP), processo que extrai e processa os fatores de crescimento presentes no plasma do próprio indivíduo e injeta na região. Mas a dermatologista alerta: o procedimento não deve ser confundido com a auto-hemoterapia. Os pés de galinha aparecem por causa da movimentação intensa da musculatura da região dos olhos, mais propensa por ser a parte mais sensível do rosto. 

? As rugas podem chegar mais cedo em peles que não são cuidadas e em pessoas que têm expressões faciais exageradas ? explica Luciana.

Também há maior  ocorrência em pessoas de olhos claros, que, por conta da maior fotossensibilidade, forçam muitas expressões para se proteger da claridade.

? É muito difícil evitá-las, pois são um processo natural. Mas podem ser amenizadas com exercícios faciais e mantendo a pele sempre saudável e bem cuidada.

Hidratação

O dermatologista Erasmo Tokarski ensina que para fazer uma hidratação na região ao redor dos olhos é necessário que a pele esteja bem limpa, sem maquiagem e impurezas que a ressecam. Depois disso, é preciso usar cremes regeneradores para devolver a vitalidade na região.

? Esse processo deve ser feito duas vezes ao dia, de manhã e à noite, mas com produtos adequados para o tipo específico de pele ? ressalta.

Para hidratar, o médico indica produtos à base de glicerina, que também lubrificam, ceramida, que ainda regeneram a pele, ou ainda com bugrane em sua composição ? extrato natural de plantas que estimula a produção de elastina e prolonga o efeito lifting.

Entre as novidades, estão os nanocosméticos, que agem mais profundamente na pele com a tração de íons.

Leia mais
Comente

Hot no Donna