Aprenda a evitar a fadiga muscular

Dores musculares podem ser sinal de exagero nas atividades físicas

Foto: Julio Cordeiro

Dores musculares e dificuldade de realizar exercícios que já fazem parte da rotina podem ser sinal de exagero nas atividades físicas e indicar um problema chamado fadiga muscular. A perda de rendimento é até mais comum em pessoas que praticam exercícios para manter a forma ou por lazer do que em atletas, que costumam ser mais bem preparados e têm sempre acompanhamento profissional.

O neurologista Jorge Roberto Pagura explica que a fadiga muscular por esforço normalmente ocorre quando há um descompasso entre a produção e o gasto de energia.

– A fadiga é sinônimo de cansaço muscular, há uma incapacidade de realizar uma atividade – diz.

Uma alimentação equilibrada pode ajudar bastante a evitar o problema:

– Antes e durante o esforço muscular intenso, é bom usar carboidratos de liberação lenta (com fibras, como cereais integrais, feijão e frutas) para aumentar a capacidade energética.

O alongamento, nesse caso, é mais eficaz após o exercício, ajudando a diminuir a tensão muscular, mas pode ser utilizado de forma menos intensa antes da atividade.

A fadiga, diz Pagura, não é uma doença, mas um conjunto de sintomas. Porém, ela pode se transformar em um problema crônico e prejudicar o dia a dia. Nesse caso, pode haver perda de sono e dificuldade de concentração. O tratamento é realizado com exercícios orientados.

Leia mais
Comente

Hot no Donna