Apresentador do Miss Universo critica a lei russa antigays

Thomas Robert chegou ao país acompanhado do companheiro

Foto: Flaunt

Um dos apresentadores do concurso Miss Universo, cuja final será realizada em Moscou, o americano Thomas Robert, denunciou na capital russa a legislação antigay do país.

? A lei russa (sobre a propaganda homossexual) marca um capítulo obscuro na história da comunidade LGBT (lésbicas, bissexuais, gays, transsexuais) ?, afirmou Robert ao chegar a Moscou.

Veja mais:
>> GABI CHANAS: os vestidos de gala do Miss Universo 2013

Abertamente gay, Robert chegou à capital russa acompanhado de seu companheiro, com quem se casou no ano passado depois de anunciar publicamente sua homossexualidade em 2006.

? Não há motivos para demonizar a comunidade LGBT ?, afirmou ainda Thomas Robert, apresentador do programa MSNBC Live no canal NBC americano.

O presidente russo Vladimir Putin promulgou em junho uma controvertida lei que castiga qualquer ato de “propaganda homossexual” ante menores com multas e penas de prisão.

Leia mais
Comente

Hot no Donna