Barbra Streisand leiloa suas “bugigangas”

Catálogo pode ser conferido na internet e inclui obras de arte

Até mesmo a realeza de Hollywood precisa se livrar de suas bugigangas. E quando você tem coisas acumuladas ao longo de 67 anos em casas em Beverly Hills, Malibu e Nova York, haja coisas para serem colocadas fora.

Dizendo-se “cheia de bugigangas”, Barbra Streisand vai leiloar mais de 400 objetos pessoais em prol de seu trabalho beneficente. Os itens – uma profusão de vestidos, móveis, tapetes, casacos de pele, quadros, perucas, livros e até um piano Yamaha – preenchem mais de 280 páginas do catálogo de leilão, que pode ser vasculhado online aqui.

O preço inicial para alguns objetos começa em US$ 100 – por um conjunto de seis ursinhos de pelúcia e um coelho. Os itens mais caros – entre US$ 30 mil e US$ 40 mil – são um par de estantes de biblioteca que datam a cerca do ano 1790, do apartamento nova-iorquino de Barbra.

Obras de arte incluem La Chanteuse, uma pintura do artista holandês Kees van Dongen, e A Carta, do pintor belga Jan Frans Verhas. Entre outras “tralhas” está uma seleção de mobília estilo Americana, art deco, tapetes orientais e cestas indígenas norte-americanas. Tudo irá a leilão em outubro.

– De que adianta guardar isso tudo? – disse a artista. – Que outra pessoa os aproveite. As coisas não são para sempre. Nós as passamos adiante e colhemos os frutos para algo importante.

Todos os lucros irão para a Streisand Foundation, que apoia causas femininas, infantis, ambientais e políticas – Barbra é uma Democrata. Entre os beneficiários está ainda a William J Clinton Foundation e o centro de saúde feminina Cedars-Sinai.

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna