Biblioteca Nacional da França adquire memórias de Casanova

Luciana Gimenez exibe a cintura marcada
Luciana Gimenez exibe a cintura marcada Foto: Eduardo Rezende, Revista Maxim

A Biblioteca Nacional da França agora conta entre suas obras com as memórias de Casanova, uma narrativa comovente escrita em francês pelo mulherengo veneziano do século 18. As memórias “A história de minha vida” estavam nas mãos de uma das família mais conhecidas do meio editorial alemão por quase dois séculos.

O manuscrito foi adquirido pela família Brockhaus em 1820, escondido por Frederic-Arnold Brockhaus durante a Segunda Guerra Mundial e finalmente publicado em 1960. O manuscrito foi doado à Biblioteca Nacional francesa. Casanova, que nasceu em 1725, escreveu suas memórias entre 1789 e 1798, ano de sua morte.

Leia mais
Comente

Hot no Donna