Biotipo: confira sugestões de treinos e dietas de acordo com o seu tipo físico

Identificar seu tipo físico ajuda a traçar metas de emagrecimento

Diferenças entre cada biotipo definem estrutura músculo-esquelética e facilidade ou não de acumular gordura
Diferenças entre cada biotipo definem estrutura músculo-esquelética e facilidade ou não de acumular gordura Foto: Juan Barbosa

Comer bem e se exercitar é essencial à saúde, mas ninguém esconde que a força que move halteres também impulsiona o desejo de ter um corpo modelado e bonito. A questão é que, embora hábitos saudáveis sejam capazes de promover maravilhas, ninguém consegue o corpo de Gisele Bündchen se tiver biotipo de Carla Perez.

Os seres humanos são divididos em três tipos físicos: ectomorfos, endomorfos e mesomorfos. Essa classificação, feita pelo médico americano William Sheldon nos anos 1940, ainda hoje diferencia cada biotipo pela estrutura músculo-esquelética e pela facilidade ou não de acumular gordura. Na prática, significa que a genética impõe limites ao sonhos de ter corpo de modelo.

Entretanto, é possível potencializar os efeitos do treino e da dieta explorando ao máximo as características cada perfil. Como fazer isso? O Vida Saudável recrutou quatro especialistas de Caxias do Sul para elaborar treinos e dietas específicos para cada biotipo e objetivo.

As sugestões de exercícios aeróbicos são do treinador de corrida e maratonista Marialdo Rodrigues, especialista em fisiologia do exercício. As orientações de musculação são do personal trainer Alexandre Silvestrin, especialista em musculação e fisiologia do exercício. As nutricionistas Cláudia Fogaça, especialista em nutrição esportiva e medicina do esporte e do exercício, e Vanessa Cavagnoli, especialista em nutrição esportiva e estética, contribuíram com dicas de alimentação.

ANTES DE TUDO

:: As informações que você lê nesta matéria devem servir como guia para seu treino e dieta, mas não podem ser encaradas como fórmulas prontas. Use-as para visualizar o caminho a seguir e os objetivos que pode alcançar.

:: Tenha em mente que ninguém é totalmente ecto, endo ou mesomorfo, mas um desses biotipos é predominante. A partir da característica dominante, escolha a sua direção.

:: Para todos os biotipos, e todos os níveis, aliar treinamento aeróbico com musculação é fundamental tanto para emagrecimento quanto para ganho e defi nição muscular.

Um corpo com mais músculos gasta mais calorias para se manter, mesmo em repouso.

:: Lembre-se de que a sua alimentação é responsável por, pelo menos, 70% a 75% de todo resultado do seu treinamento.

:: Para chegar a um resultado mais satisfatório, não vale a pena pegar leve nos exercícios, salvo os iniciantes. O volume e, principalmente, a intensidade devem aumentar

gradativamente.

:: Busque ajuda de profissionais especializados para adequar a rotina de exercícios e alimentação à sua vida. Se você é sedentário, é importante fazer avaliações médicas

e físicas antes de começar.

:: Nunca omita dos profissionais seus problemas de saúde.

:: Modifique o treino e a dieta periodicamente para dar novos estímulos ao organismo.

:: Leve em conta a tendência genética. A mesma série de exercícios, feita com idêntica frequência e dedicação, terá resultados diferentes em duas pessoas, mesmo que tenham o mesmo tipo físico.

Identifique seu biotipo e suas possibilidades: 

Endomorfo: o robusto e a gordinha

Ectomorfo: o magricelo e a magrinha

Mesomorfo: o forte e a encorpada

Leia mais
Comente

Hot no Donna