Brazilian Brigadeiros: doces de Paula Barbosa são destaque nos Estados Unidos

Carioca conta a Donna como o doce entrou por acaso em sua vida e virou profissão

Paula Barbosa apareceu no New York Times com suas criações
Paula Barbosa apareceu no New York Times com suas criações Foto: nytimes.com

Deu no New York Times: “From a Fashionista, a Candy That’s Loved in Brazil” (“De uma fashionista, um doce que é amado no Brasil”).

A fashionista é a carioca Paula Barbosa; o doce, claro, é o brigadeiro – e surgiu por acaso na vida de Paula.

Ex-produtora de moda, ela pediu demissão da empresa onde trabalhava e foi esfriar a cabeça de férias em Nova York. Era agosto de 2010. Um belo dia, convidada para o aniversário de uma amiga, achou por bem presenteá-la com uma caixinha de brigadeiro feito em casa.

– Foi um sucesso, entre brasileiros e americanos. E lá mesmo, na festa, começaram a surgir os primeiros pedidos – lembra Paula.

As encomendas foram crescendo, Paula foi atendendo – e criou o site mysweet.com. Uniu-se a outra brasileira radicada na cidade, a especialista em marketing Christina Bahn, e juntas fundaram a empresa My Sweet Brigadeiro.

– Os americanos sempre se surpreendem com o brigadeiro – conta Paula. – Eles esperam algo como a trufa e se surpreendem quando descobrem que a consistência é única e muito especial. É incrível, a gente não cansa de ver essa cena.

Paula e Christina têm enfrentado uma jornada de 12 horas de trabalho. Diferentemente das brigaderias brasileiras, que se preocupam em oferecer um cardápio cada vez mais diversificado e composto de dezenas de sabores diferentes, a My Sweet Brigadeiro investe apenas nos tradicionais, com destaque para os de chocolate ao leite, chocolate branco e pistache e cobertura de coco ou granulados.

– Um dos sabores preferidos aqui é o de coco, nosso bom e velho beijinho – conta ela.

As caixinhas são personalizadas e vêm com uma explicação sobre os brigadeiros. A top model Gisele Bündchen, o ator Al Pacino e a estilista Diane Von Furstenberg estão entre os clientes fiéis.

Todos os ingredientes são orgânicos e de altíssima qualidade.

– Aqui existem algumas marcas de leite condensado, sim. E temos um distribuidor que nos fornece exatamente as marcas que queremos.

:: Brigadeiros por acaso

Donna – Quando você se mudou para NY e de onde veio essa ideia de começar a fazer brigadeiros?

Paula – Vim para NY em 2010 e fiz alguns cursos de moda e business. Em um deles apresentei um case de brigadeiro como projeto final. Ficou tudo tão redondinho que acabei presenteando uma amiga com uma caixinha de brigadeiro e lá mesmo surgiram os primeiros pedidos.

Donna – Você sempre teve uma sócia ou começou sozinha?

Paula – A Christina Bhan foi realmente quem desde o começo me fez acreditar que o brigadeiro poderia ser um business de verdade aqui em NY. Ela tem background em Marketing, mora em NY há mais de 20 anos e é chocólatra assumida. Juntas montamos a My Sweet Brigadeiro no comecinho de 2011. Está sendo um casamento perfeito!
 
Donna – Como os americanos veem o brigadeiro? Você concorda que é um patrimônio nacional, tipo a feijoada e a caipirinha?

Paula – Concordamos 100%! O brigadeiro é um doce nosso! Os americanos em geral são curiosos e sempre se surpreendem ao provarem nosso brigadeiro pela primeira vez. Eles esperam algo como a trufa e quando descobrem que a consistência é única e muito especial, é incrível. A gente não cansa de ver essa cena.

Donna – O que você acha que essa febre das brigaderias gourmet? Esse movimento já começa a chegar a NY?

Paula – É incrível o fato do nosso principal doce ter se tornado esse sucesso no Brasil. Há algum tempo atrás, e não muito, ele ficava restrito a festas infantis. E pelo que acompanhamos de fora tem espaço para todas as empresas, isso é muito legal. Por aqui acreditamos que a My Sweet Brigadeiro seja a primeira a lançar o brigadeiro como um presente elegante, competindo com empresas de doces “high-end” estrangeiras. 
 
Donna – Quantos brigadeiros você costuma fazer por dia ou por semana?

Paula – O número varia bastante. A My Sweet Brigadeiro atende a clientes particulares, corporativos e a mercados gourmet. Essa semana trabalhamos com a Saks Fifth Avenue pela primeira vez e a receptividade foi incrível. Outros clientes são H Stern, Macy’s, Al Pacino, Gisele Bundchen, Jesse Eisenberg, Diane Von Furstenberg, entre outros.
 
Donna – Qual é a receita do seu brigadeiro tradicional?

Paula – É a tradicional! Não tivemos que fazer muitas adaptações, mas decidimos usar ingredientes de altíssima qualidade e orgânicos.

Donna – E onde encontra leite condensado? Não foi um empecilho pra começar este trabalho, já que leite condensado só existe no Brasil?

Paula – Aqui existem algumas marcas de leite condensado sim, mas temos um distribuidor que nos atende exatamente com a marca que queríamos e que consideramos ser a melhor.

:: Faça um passeio por uma brigaderia

A revista Donna também fez um passeio por uma brigaderia de Porto Alegre. Assista no vídeo abaixo as delícias criadas pela Brig’s Atelier de Brigadeiro.

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna