Café diminui em até 25% o risco de derrame em mulheres, diz pesquisa

Nova pesquisa, porém, ainda não libera o produto como bebida saudável

Café aumenta sensibilidade à insulina, diz pesquisa
Café aumenta sensibilidade à insulina, diz pesquisa Foto: Jefferson Botega

Mulheres que bebem mais de uma xícara de café por dia podem diminuir os riscos de um derrame cerebral em até 25%, segundo uma pesquisa do Instituto Nacional de Medicina Comportamental da Suécia.

? Embora seja cedo para recomendar o café como bebida saudável, as descobertas podem aliviar a mente das mulheres culpadas por beberem tanto café ? acredita a pesquisadora Susanna Larsson, que acrescenta que o consumo moderado de café pode diminuir o risco de algumas doenças como diabetes, câncer de fígado e, agora, derrame.

A pesquisa acompanhou por mais de uma década a dieta de cerca de 35 mil mulheres entre 49 e 83 anos para comprovar a diminuição dos riscos de derrame entre 22% e 25%.

A conclusão dos pesquisadores é que o café reduz inflamações e aumenta a sensibilidade à insulina, além de contem anti-oxidantes, o que previne a doença.

Leia mais
Comente

Hot no Donna