Camisetas de loja britânica comparam mulheres a cães e incentivam violência doméstica

Após protesto em rede social, rede anunciou a retirada das peças do mercado

Loja anunciou a retirada dos itens
Loja anunciou a retirada dos itens Foto: Reprodução

A rede britânica Top Shop se viu obrigada a retirar de suas lojas duas camisetas masculinas polêmicas, após protesto no Facebook. O motivo foram as estampas das peças, consideradas ofensivas à mulher.

Numa delas, há os dizeres “Bonita namorada nova. De que raça ela é?”. Em inglês, a palavra para raça (“breed”) é utilizada somente para animais, como cães domésticos.

Já a outra peça imita um bilhete escrito a mão e elenca desculpas: “você me provocou”, “eu estava bêbado”, “eu estava num dia ruim”, “eu te odeio”, “não tive a intenção”, “não pude evitar”.

Apesar de algumas frases aparentarem ser inofensivas e aplicáveis a qualquer situação, a organização anti-abuso Tender considerou o conteúdo semelhante às desculpas dadas por homens que agridem as parceiras. Como resposta, foi criado um grupo de protesto no Facebook, o STopman ? trocadinho com “stop, man” (“pare, homem”) e o nome da loja.

Em comunicado ao The Guardian, a Top Shop explicou que a intenção com as roupas não passava de brincadeira. Ainda assim, a rede decidiu retirar todos os exemplares das camisetas de suas lojas físicas e online assim que possível.

Recentemente, outras lojas internacionais causaram polêmica com blusas que poderiam incentivar a anorexia e desestimular o gosto pelos estudos.

Leia mais
Comente

Hot no Donna