Casais são mais felizes quando mulher é mais magra que o marido

Pesquisa realizada por universidade americana aponta tendência

Casal Beckham foi citado como exemplo de felicidade
Casal Beckham foi citado como exemplo de felicidade Foto: Ver Descrição

O segredo de um casamento feliz pode estar nas medidas femininas, de acordo com um novo estudo. A pesquisa da Universidade do Tennessee, nos Estados Unidos, durou quatro anos e mostrou que, a curto e médio prazos, tanto o homem quanto a mulher se sentem mais satisfeitos se ela tem o Indíce de Massa Corporal (IMC) menor que o dele.

Na opinião dos estudiosos, os homem ficam numa relação porque acham suas parceiras magras atraentes. As mulheres, por sua vez, se sentem mais confiantes e amadas porque sabem que seus maridos as desejam.

Pode parecer superficial, mas algumas pessoas já citam como exemplo o casamento da ex-spice girl Victoria com o jogador de futebol David Beckham, que já dura 11 anos. Victoria, magérrima mesmo grávida, acaba de dar à luz sua primeira filha mulher, a quarta criança do casal.

Foram selecionados 169 casais com menos de 35 anos para participar da pesquisa. Eles preencheram questionários de seis em seis meses durante quatro anos. As respostas mostraram que os homens que tinham IMC maior mantiveram a felicidade no casamento.

O mesmo efeito apareceu entre as mulheres: as mais leves eram significativamente mais felizes que as que pesavam o mesmo ou mais que os parceiros.

– Eu seria cética a respeito da ideia de que a maioria dos homens realmente rejeita suas parceiras com base no excesso de peso sem haver outras questões – ponderou em entrevista ao Daily Mail a especialista em relacionamentos Jean Hannah Edelstein.

Leia mais
Comente

Hot no Donna