Casamento real ao vivo, pela internet, pela primeira vez no mundo

Evento chegou a causar problemas em alguns sites, devido ao grande número de acessos

Beijo do casal real foi um momento de frisson para a multidão
Beijo do casal real foi um momento de frisson para a multidão Foto: Reprodução, youtube

Milhões de internautas acompanharam nesta sexta-feira o casamento do príncipe William e Kate Middleton na rede, uma novidade mundial para este tipo de acontecimento, causando problemas em alguns sites, devido à grande afluência. No Twitter, nove entre 10 assuntos mais tratados eram relacionados à boda, com palavras-chave como “royalwedding” (boda real) ou “proudtobebritish” (orgulhoso de ser britânico), passando por “they kissed” (eles se beijaram).

O Google apresentou em seu logo um desenho de conto de fadas com uma carruagem, propondo o link “Royal Wedding” e o percurso do cortejo em 3D. O segredo do vestido da futura princesa estava entre as informações mais procuradas no motor de busca. A família real propôs pela primeira vez uma transmissão ao vivo pela internet através do “Royal Channel”, o canal do palácio no YouTube.

A monarquia entendeu há muito tempo os benefícios das novas tecnologias em seus esforços para recuperar o prestígio perdido durante os sobressaltos da era Diana. Por isso, o noivado de William e Kate, em novembro, foi anunciado no Twitter, ao mesmo tempo que num clássico comunicado de imprensa. Vários meios de comunicação também transmitiram a cerimônia diretamente, através da empresa Livestream, que disse ter registrado mais de 330.000 conexões simultâneas.

? Pensamos que foram pelo menos dois milhões de visitantes durante a transmissão no livestream ? informou um porta-voz da empresa. A firma Akamai, que oferece banda larga aos grandes portais da internet, disse ter registrado 3 milhões de conexões simultâneas, pulverizando o recorde anterior de 1,6 milhão durante a Copa do Mundo de Futebol da África do Sul 2010. A BBC, que também transmitiu o acontecimento ao vivo, foi obrigada a colocar regularmente uma mensagem advertindo para problemas na página, devido a “um acesso excepcional”.

Em 1981, quando o príncipe Charles casou-se com Diana, a internet apenas começava. Mas a rainha Elisabeth II está conectada há muito tempo: em 1976, tornou-se a primeira soberana a enviar um e-mail. Com frequência apresentada como uma pioneira da internet, a rainha, de 85 anos, tem um Blackberry e um iPod. Como sinal desta vontade de unir-se a seus súditos através da internet, a monarquia abriu um “YouTube Wedding Book”, uma espécie de livro de ouro virtual, que permite aos internautas divulgar sua própria mensagem em vídeo aos recém-casados.

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna